in , ,

Em áudio, proprietária de casa alugada reclama de ‘suruba’ praticada pelo locatário

A conversa quase inacreditável entre Veronica e Felipe viralizou nas redes sociais

Foto: Reprodução/Twitter

Nessa quarta-feira (14), uma conversa entre a locadora e o locatário de uma casa anunciada no site ‘Airbnb’ viralizou e se tornou um dos assuntos mais comentados do Brasil no Twitter. O motivo?

O jovem chamado Felipe convidou amigos e fez uma “suruba” para comemorar de seu aniversário nas dependências do imóvel – o que desagradou, e muito, Verônica, a dona do local, que viu pessoas nuas se relacionando sexualmente através de câmeras instaladas na área externa.

No áudio que se espalhou pela internet, é possível ouvir pelo tom de voz que ela está exaltada, dizendo que o locatário quebrou as regras do Airbnb.

Você não pode fazer da casa da pessoa um bordel, uma suruba, que tem homem pelado, mulher pelada em tudo quanto é lugar. Você não pode fazer isso dentro do Airbnb porque isso fere as regras e você precisa saber disso. Não é assim!, diz Verônica, aparentando estar muito brava.

Felipe, com educação, responde:

Houve uma falta de clareza, mas apenas da sua parte. Pelo que eu tô entendendo, você deveria ter colocado no título do seu anúncio: ‘proibido trepar no local’“.

Ele se defende e argumenta que é jovem e que certamente faria sexo na casa, que é confortável, bonita e o aluguel custou muito caro. 

Acha que vou convidar 15 amigos sem ter a intenção de comer ninguém? Eu já transei em banheiro químico, em obra de vizinhos, não vou transar numa casa dessas?“, questiona o jovem.

Veja também:
Jovem passa 3 noites na rodoviária, sem comer, após 'levar bolo' de namorada virtual

Verônica rebate afirmando que se ele tivesse avisado que os amigos iriam “trepar”, ela teria avisado que a casa dela não serviria. Você tem que perguntar ao anfitrião se a casa tem espaço para trepar, diz ela.

Ouça os áudios – hilários – de Felipe e Verônica que viralizaram:

O Airbnb é serviço online comunitário para as pessoas anunciarem, descobrirem e reservarem acomodações e meios de hospedagem. A empresa se pronunciou sobre o ocorrido e afirmou que está apurando o caso mencionado.

Destacou que possui regras e Termos de Serviço e que anfitriões ou hóspedes que desrespeitem às políticas de uso estão sujeitos às medidas cabíveis.

O fato da “festinha” do Felipe ter sido feita no meio da pandemia, em que aglomerações são proibidas, também gerou conversa nas redes.

O Airbnb criou um conjunto de práticas de segurança obrigatórias durante a pandemia de covid-19 com base nas diretrizes da Organização Mundial de Saúde e do Centro de Controle de Doenças dos EUA.

A orientação é que todos os anfitriões e hóspedes devem concordar em usar máscara ou proteção facial ao interagirem pessoalmente e manter 2 metros de distância um do outro durante todo o tempo – o que não chegou nem perto de acontecer no evento organizado por Felipe.

Confira reações dos internautas no Twitter:

Em vídeo, Monick Camargo diz que apanhou do noivo após se recusar a fazer orgia

Veja também:
Mãe de Isabella Nardoni se solidariza com pai de Henry por similaridade dos casos
Comente com o Facebook
Paulo Gustavo

Pastor gera polêmica ao insinuar que ora pela morte de Paulo Gustavo

Foto: reprodução / Instagram

Por que as selfies de famosos pós-harmonização facial causam tanta polêmica?