in , , , ,

Blogueira acumula dívida de R$ 32 mil por posts ‘perfeitos’ no Instagram

Lissette Calveiro queria passar aos seus seguidores a imagem de que tinha a vida perfeita

A blogueira norte-americana Lissette Calveiro, que tem mais de 27 mil seguidores no Instagram, contou ao jornal New York Post que chegou a contrair uma dívida de US$ 10 mil (cerca de R$ 32 mil) para passar a imagem de que tinha um estilo de vida luxuoso e sem problemas.

Calveiro, que originalmente é de Miami, revelou que tudo começou quando ela se mudou para Nova York para um estágio. “Eu estava vivendo uma mentira, comprava roupas só para fazer posts no Instagram”, disse ao jornal. A blogueira contou que seu estágio pagava só auxílio-transporte e ela guardava esse dinheiro para comprar roupas para seus posts.

Após o fim do estágio, a blogueira voltou para Miami e continuou com uma vida aparentemente abastada mesmo sem dinheiro e chegou ao fundo do poço quando alcançou a dívida de US$ 10 mil entre roupas, viagens e restaurantes. Calveiro conseguiu um emprego em uma empresa de Nova York e decidiu que precisava mudar de vida. “Eu sabia que se voltasse para Nova York eu precisaria criar vergonha na cara ou não sobreviveria”, falou.

Ela desativou suas contas nas redes sociais e começou a economizar, conseguindo acabar com as suas dívidas em 14 meses. Apesar de ter voltado para o Instagram, hoje ela está com uma vida muito mais regrada e com as contas em ordem. “Ninguém fala sobre finanças pessoais no Instagram, agora eu vejo que é preocupante o exemplo que nós passamos para nossos seguidores”, disse.

Honestly, just leave me here.

A post shared by Lissette Calveiro (@lissettecalv) on

7 vezes em que youtubers exageraram nas pegadinhas e viraram caso de polícia

Veja também:
Vendedor de água na praia faz sucesso com dicas de negócios e palestrou em Harvard
feedclub-uber do ônibus buser

Após polêmica e veto, ‘Uber do ônibus’ começa a operar em São Paulo

feedclub Rubens Barrichello

‘Ganhei chance de renascer’, diz Barrichello após problema cerebral