in

Masaya Nakamura, japonês ‘pai’ do jogo Pac-Man, morre aos 91 anos

Executivo fundou empresa que se tornaria a Namco, responsável pelo fenômeno mundial

(Foto: Divulgação)

Masaya Nakamura, conhecido como “o pai do Pac-Man”, morreu aos 91 anos, de acordo com sua companhia nesta segunda-feira (30).

Segundo o informe, o japonês com grande papel na popularização de jogos eletrônicos, morreu no dia 22 de janeiro. Ele fundou uma empresa em 1955 que mais tarde se tornaria a Namco. Em seu início, a companhia desenvolveu jogos domésticos e arcade e parques de diversões, além de espaços temáticos. Em 2005, a empresa se fundiu com a gigante de brinquedos japonesa Bandai.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Nakamura ainda atuava como conselheiro sênior da Namco. As causas da morte não foram divulgadas pela companhia em respeito aos desejos da família.

Pac-Man

Toru Iwatani, designer de jogos da Namco, desenvolveu o Pac-Man amarelo, que chegou ao mercado em 1980. O personagem se tornou extremamente popular ao redor do mundo e o Guinness World Records, o livro dos recordes, o classificou como “a máquina de arcade operada por moedas mais bem-sucedida”.

Comente com o Facebook
(Foto: Divulgação)

5 atores consagrados no cinema que nunca ganharam um Oscar

Fã avisou Evaristo sobre a presença do totem em tamanho real na festa (Foto:  Divulgação/ Facebook)

Evaristo Costa vira tema de festa e brinca: “Esse dia foi louco”