in ,

Monique Evans fala sobre namoro lésbico e como aprendeu a transar com ela

Apresentadora se descobriu gay aos 57 anos de idade e hoje divide a vida com uma mulher

Fotos: Reprodução/Instagram

No auge dos seus 63 anos, a apresentadora Monique Evans está comemorando o casamento de quase 6 anos com a DJ Cacá Werneck. Em entrevista recente ao colunista Leo Dias, do portal ‘Uol’, ela falou sobre o seu primeiro relacionamento homoafetivo e revelou detalhes até sobre o sexo entre as duas.

Monique e Cacá se conheceram na internet. No início, a loira contou que lia o sobrenome e achava que se tratava de Tatá Werneck. Quando abriu o perfil da DJ e viu o abdômen sarado dela, percebeu que era outra pessoa, completamente diferente.

Veja também:
Durante live, Kelly Key ensina Gracyanne Barbosa a fazer sexo anal

Elas começaram a conversar e, quando Monique teve depressão e precisou ser hospitalizada, Cacá foi visitá-la na clínica. Logo depois disso elas se abraçaram e perceberam que o envolvimento ia além da amizade.

Rolou o primeiro selinho e quando se beijaram de verdade elas viram que o “babado seria bom”, conta Monique.

“Gente, dar um beijo em uma boca com batom? Como é isso?”, relembra a preocupação inicial da apresentadora. “Já estava gostando dela. Aí eu falava: ‘Mas estou ensapatando, será? Que coisa mais esquisita!’. Gosto de homem. Como é que é gostar de uma mulher?’. Mas foi muito forte”, contou ela.

“E aí estava aquela mulher linda lá, me esperando sair do médico, sair do boxe, ia malhar comigo. Quando ela falou a frase: ‘Olha, posso te fazer mais feliz do que muitos homens’, falei assim: ‘Ai meu Deus, olha que posso me apaixonar!’, avisou Monique.

Sobre o sexo, Monique contou: “Falei para ela: ‘Você tem que ir devagarzinho, porque nunca fiz mulher. Nunca tive uma mulher na minha vida. Não sei fazer nada’. E a gente teve um tempinho para aprender certas coisas, digamos assim. O que ela fazia em mim, eu imitava e fazia nela”.

Questionada sobre a diferença entre se relacionar com um homem e com uma mulher, Monique afirmou que as mulheres são muito mais companheiras e carinhosas.

“Ela me ouve mais. Ela me dá mais chance de conversar. É mais companheira, é muito diferente de homem, cara. A cabeça é outra, entendeu? A cabeça de mulher é outra coisa. A mulher é muito mais carinhosa, tem mais cuidado, sabe? É mais romântica. Tem essas coisas todas”.

Confira o vídeo da entrevista completa de Monique Evans:

Veja também:
Figurantes de 'Soltos em Floripa' acusam série de exibir sexo explícito sem autorização

Comente com o Facebook
fátima bernardes

Fátima Bernardes e Ana Maria Braga retornam à tela da Globo nesta segunda (20)

sandra annenberg

Afinal, Sandra Annenberg era uma das passarinhas do Castelo Rá-Tim-Bum?