,


Roberto Cabrini vai a local de acidente da Chapecoense e mexe nas malas dos mortos

Atitude do jornalista do “Conexão Repórter”, do SBT, foi criticada nas redes sociais

A cobertura jornalística da tragédia que aconteceu com o avião da Chapecoense, na última semana, tem sido intensa. Diversos veículos de comunicação se deslocaram para Chapecó (SC), cidade da equipe de futebol, e Medellín, na Colômbia, onde a aeronave caiu.

Entretanto, algumas ocasiões relacionadas à cobertura do acidente chamaram a atenção do público. Uma delas envolveu Roberto Cabrini, do programa “Conexão Repórter”, do SBT.

Cabrini se dirigiu ao local do acidente para fazer uma reportagem, que foi exibida no último domingo (4). Ele chegou a mexer nos entulhos que sobraram do avião para encontrar as malas dos jogadores de futebol.

MAIS
Depois de prever a tragédia da Chapecoense, médium diz que o pior vai acontecer agora

O jornalista chegou a encontrar uma bíblia no local, aberta no salmo 63. O livro religioso era de posse do zagueiro Neto, um dos seis sobreviventes da tragédia.

As atitudes de Roberto Cabrini foram muito criticadas nas redes sociais e até mesmo Sônia Abrão, colega de profissão, disse que Cabrini “foi infeliz” ao fazer uma foto com os destroços do avião.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading…

Comente com o Facebook

comentários

miniatura

Maionese para cabelo provoca confusão e vídeo viraliza

silvio-santos

Cigana previu morte de Silvio Santos: “acredito e não me arrisco”