in ,

Lendária drag queen, Silvetty Montilla comenta sobre transformação do público

A artista, que se apresenta há mais de 30 anos, percebe que muita coisa mudou desde aquela época

Quem acompanha a noite paulistana, mas de maneira geral o entretenimento noturno no Brasil, conhece Silvetty Montilla. A lendária drag queen paulistana representa o público LGBTQI+ na capital paulista há mais de três décadas, através das apresentações em casas noturnas, trabalhos culturais e audiovisuais.

Ao longo de sua carreira, Silvetty é presença constante em programas de televisão em rede nacional, como o ‘TV Fama’ (Rede TV), ‘Programa da Eliana’ (SBT) e o humorístico da TV Globo ‘Toma Lá, Dá Cá’.

Veja também:
Sucesso no Instagram, humorista Cristian Bell sonha em trabalhar na TV

O último rendeu uma participação de dois anos no elenco do grupo ‘Terça Insana’, stand-up comedy que percorreu diferentes cidades do Brasil.

“Vivo a noite há mais de 30 anos e muita coisa mudou. A representatividade do público LGBTQI+, por exemplo, é algo que vi nascer. No início dos anos 80, por exemplo, não existia o show de drags que todos comentam”, conta Montilla.

RuPaul Brasileira

As semelhanças de Silvetty Montilla e RuPaul não são apenas físicas. O reality show americano, que já é apresentado nos Estados Unidos há mais de 12 temporadas, quase ganhou uma versão brasileira e o nome da drag queen brasileira foi cogitado para comandar a atração.

“Eu adoraria”, responde Silvetty sobre a possibilidade.

“As drag queen precisam ser vistas, elas existem. O gay, a lésbica e o travesti, aos poucos, foram conquistando papeis em produções audiovisuais, seja na televisão, cinema, teatro e nas séries. RuPaul representa o mundo drag e uma versão brasileira seria a oportunidade de o Brasil se mostrar e ser visto”, acrescenta.

Vale lembrar que ela comandou o reality show ‘Academia de Drags‘, no YouTube. O feito lhe rendeu as comparações e o apelido “RuPaul brasileira”.

A pandemia

Vivemos tempo sem precedentes, isso é fato. A pandemia chegou e obrigou todos a mudarem os hábitos de trabalhar, estudar, produzir conteúdo e entretenimento de qualidade.

Para continuar o contato com o público pelas redes sociais, ela mantém seu o canal no YouTube com mais de 70 mil seguidores onde apresenta dois programas: ‘Espuma com Montilla’, que recebe convidados para entrevistas, e ‘Cozinha com Montilla’, onde os convidados e a apresentadora reproduzem receitas deliciosas.

Filho de cantora gospel, sobrinho de Silas Malafaia se lança como drag queen

Comente com o Facebook
Padre Dj live

Padre DJ bomba na web após se apresentar em live solidária

Foto: reprodução / Netflix

Anitta fala pela primeira vez sobre estupro que sofreu aos 14 anos