in

Autor é acusado de plagiar trama de Gloria Pires em novela; Globo nega

Nas redes sociais, telespectadores afirmam que Walcyr Carrasco copiou o clássico “Madame X”

Trama de Glória Pires levantou acusações de plágio (Foto: Divulgação)

O autor Walcyr Carrasco está envolvido em uma nova polêmica por conta da novela “O Outro Lado do Paraíso”. Telespectadores afirmam que a trama de Glória Pires, que interpreta a personagem Elizabeth, é plagio do melodrama francês “Madame X”, escrito em 1908 por Alexandre Bisson e adaptado diversas para o cinema.

De acordo com o colunista Mauricio Stycer, alguns internautas passaram a apontar a semelhança da trama da Globo com o filme de David Lowell Rich, de 1966, uma das mais famosas adaptações da obra francesa. Na novela, Elizabeth é uma mulher pobre que se casou com um diplomata, Henrique (Emilio de Mello), com quem tem a filha Adriana (Lara Cariello). Seu sogro, Natanael (Juca de Oliveira), acredita que a mulher não está no nível adequado ao seu filho e atormenta a vida dela.

Trama de Glória Pires levantou acusações de plágio (Foto: Divulgação)
Trama de Glória Pires levantou acusações de plágio (Foto: Divulgação)

No intuito de afastá-la, Natanael consegue, com a ajuda de Jô (Barbara Paz),fazer com que Elizabeth se envolva com Renan (Marcello Novaes). O empresário, porém, morre acidentalmente na presença da mulher. Com isso, o sogro convence Elizabeth a fingir que morreu para evitar uma suposta prisão.

No longa, a protagonista também tem um amante que morre de forma repentina. No caso, sua sogra a convence a forjar a própria morte.

Em nota ao colunista, a TV Globo negou que a trama da novela seja um plágio. “A novela é produzida com base nas criações originais realizadas sob encomenda da TV Globo aos seus contratados. Como em toda obra, eventualmente podem existir referências comuns ao universo dramatúrgico”, diz a nota.

Veja também:
Orkut é bloqueado ao tentar usar o Tinder no Brasil e pede ajuda no Twitter

Bianca Bin

Há algumas semanas, a trama de Bianca Bin, que interpreta a personagem Clara, também foi apontada como plágio. Internautas apontam inúmeras semelhanças da obra com a novela mexicana La Patrona, da Telemundo.

Assim como na novela da Globo, uma moça pobre que, após a descoberta de pedras preciosas nas terras de sua família, é internada pela sogra numa clínica psiquiátrica, onde fica afastada do marido e do filho. Tempo depois, ela retorna para se vingar.

Agnaldo Silva

Em um caso mais antigo, Walcyr Carrasco foi acusado de plágio por Agnaldo Silva. Em 2011, o outro autor da Globo afirmou que uma das tramas utilizadas na novela “Morde e Assopra”, sobre um estudante de medicina que tinha vergonha da mãe humilde, era cópia de algo feito por ele em “Fina Estampa”.

Comente com o Facebook
Polêmica dura quase 20 anos (Foto: Divulgação)

Por dívida com Denílson, Justiça ordena que TVs paguem cachês de Belo em juízo

Bernardo Manfredi Enem

Jovem surdo fez redação nota mil no Enem, mesmo sem prova acessível