in ,

Bruno Lima Penido, que trabalhou em ‘Malhação’ e ‘Verdades Secretas’, morre no RJ

Roteirista da TV Globo tinha 41 anos de idade e era mineiro; a causa da morte ainda é cercada de mistério

Fotos: Reprodução/Instagram

O roteirista da TV Globo, Bruno Lima Penido, de 41 anos, morreu neste sábado (21) após, supostamente, ter caído da janela de seu apartamento no Rio de Janeiro. Bruno, que lutava contra uma depressão, fez parte do time de escritores dos sucessos ‘Verdades Secretas’ e ‘Malhação: Viva A Diferença’.

Oficialmente, as causas da morte não foram reveladas. Alguns portais, no entanto, apontam que o homem realmente sofria de depressão e que teria despencado da janela do próprio apartamento – não se sabe, no entanto, a veracidade dessas informações.

Natural de Belo Horizonte, Minas Gerais, Bruno cursou Direito e Jornalismo, mas acabou direcionando a sua vida mais para o lado da comunicação. Fez o curso de trainee no jornal ‘Folha de S. Paulo’ e trabalhou como repórter correspondente de Buenos Aires, na Argentina, por um tempo.

Depois, se mudou para a cidade do Rio de Janeiro e trabalhou na GloboNews, além de roteirista do extinto ‘Vídeo Show’. Em 2010, passou a trabalhar com dramaturgia na TV Globo.

Bruno Lima Penido colaborou com Walcyr Carrasco em ‘Verdades Secretas’, em 2015. Também trabalhou com Cao Hamburger em ‘Malhação: Viva A Diferença’, em 2017, e com Daniel Adjafre no especial ‘A Cara do Pai’, do mesmo ano, estrelado por Mel Maia e Leandro Hassum.

O roteirista venceu, juntamente com toda a equipe, o Emmy Internacional de Melhor Novela por ‘Verdades Secretas’. Em 2018, Penido voltou a vencer o Emmy Internacional, agora na categoria de série infantojuvenil, com ‘Malhação: Viva A Diferença’.

Ele também escreveu um livro de poesias intitulado ‘Mordidas Por Dentro’, lançado em 2018 pela editora Instante.

O repórter do ‘É de Casa’, Ivo Madoglio, era amigo de Bruno e escreveu um texto no Instagram se despedindo. “Devia ser proibido alguém abandonar o ‘reality da vida’, sem perguntar se todo mundo concorda. É difícil de acreditar que o telefone não vai mais tocar com o seu nome, que nenhum whats vai chegar ou que não vamos mais ver suas lindas postagens”, escreveu.

“Foi difícil hoje escutar outra pessoa atendendo seu telefone e dizendo: É verdade, ele nos deixou. No meu coração, vou te amar pra sempre, você era o amigo que sabia o que ia falar e que deixava todos com um orgulho danado do sucesso que fazia com as palavras. Um autor com talento nato”, elogiou Ivo.

“Fica em paz amigo, na certeza que um dia todos iremos nos encontrar. Que Deus te ampare, ilumine e cuide de ti enquanto isso. Beijos na sua alma”, finalizou.

Veja a publicação de Ivo Madoglio para Bruno Lima Penido, na íntegra:

View this post on Instagram

Devia ser proibido alguém abandonar o "reality da vida", sem perguntar se todo mundo concorda. É difícil de acreditar que o telefone não vai mais tocar com o seu nome, que nenhum what's vai chegar ou que não vamos mais ver suas lindas postagens. Foi difícil hoje escutar outra pessoa atendendo seu telefone e dizendo: É verdade, ele nos deixou. No meu coração, vou te amar pra sempre, você era o amigo que sabia o que ia falar e que deixava todos com um orgulho danado do sucesso que fazia com as palavras. Um autor com talento nato. @camilaqueiroz nunca vou poder agradecer por ter me apresentado esse cara humano e brilhante. Quando lembrar dele, escutarei nossas risadas em um boteco do Leblon, contando as histórias de como a "Angel" nasceu nas nossas telinhas. Que venha "Verdades Secretas 2", pena que dessa vez ele não vai participar de tudo isso. Fica em paz amigo, na certeza que um dia todos iremos nos encontrar. Que Deus te ampare, ilumine e cuide de ti enquanto isso. Beijos na sua alma ❤️

A post shared by Ivo Madoglio (@ivomadogllio) on

Veja também:
Estas 8 celebridades estão com suspeita de coronavírus e aguardam resultados

Comente com o Facebook
andressa urach

Andressa Urach critica igrejas que fecharam as portas graças ao coronavírus