in , ,

Caso Pandora: cachorra extraviada em voo e desaparecida há 45 dias é encontrada

Animal desapareceu em dezembro, durante conexão aérea no Aeroporto de Guarulhos, e virou caso de Justiça

Fotos: Reprodução/Instagram

A angústia do garçom Reinaldo Junior teve fim neste domingo (30) após Pandora, a cachorrinha dele, ter sido encontrada por funcionários do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Reinaldo vivia um pesadelo desde o dia 15 de dezembro de 2021, quando Pandora desapareceu em uma conexão no Aeroporto de Guarulhos durante uma viagem do Recife (PE) para Navegantes (SC).

Na ocasião, Reinaldo pagou R$ 850 pela passagem da cachorra, mais R$ 650 da caixa que é obrigatória para o transporte, para a Companhia Aérea Gol. Entretanto, Pandora saiu da caixa e desapareceu em Guarulhos.

Veja também:
Homem sai para passear com cachorro e põe fogo em 6 veículos no caminho

A cachorra passou 45 dias desaparecida e, após muita mobilização por parte de Reinaldo Junior (que ofereceu recompensa de R$ 1.000,00 para quem encontrasse o animal de estimação), e também ajuda de defensores dos direitos dos animais, Pandora foi encontrada.

Achei minha filha. Tem muito o que falar, não. Acharam ela. Tenho palavras agora não, disse Reinaldo Junior, emocionado nas redes sociais depois de reencontrar Pandora.

Segundo ele, a cachorra foi levada para um hospital veterinário de São Bernardo do Campo, pois estava magra e parecia muito debilitada.

Pandora ficou 45 dias no sol, chuva, sem água e alimento dentro do Aeroporto”, disse Reinaldo em um post no Instagram. “Só gratidão a todos que ajudaram”, desabafou.

Veja o momento do reencontro de Reinaldo com Pandora no vídeo abaixo:

Caso Pandora

Desde que o desaparecimento da cachorra aconteceu, Reinaldo tem cobrado a Gol sobre o paradeiro do animal, que era responsabilidade da empresa naquela situação – além de ter pago caro para transportá-la.

No dia 6 de janeiro de 2022, a Gol emitiu uma nota se solidarizando com Reinaldo Junior e falando sobre a busca, que já estava sendo feita por ele, que seria intensificada com auxílio da companhia aérea.

Veja também:
Youtuber amarra cachorro em balões de gás hélio e acaba preso

A empresa também cobriu os gastos com hospedagem e alimentação de Reinaldo e um acompanhante enquanto ele tivesse que ficar em Guarulhos procurando por Pandora.

Leia um trecho da nota publicada pela Gol dias após o desaparecimento da cachorra:

“A GOL se solidariza com o sofrimento do tutor da Pandora. Entendemos a dor de alguém que se vê subitamente separado de seu animal de estimação e sabemos que os laços de afeto que desenvolvemos com os pets são algo extremamente importante em nossas vidas.

Assim, lamentamos profundamente o incidente ocorrido, no qual a cachorrinha Pandora escapou da caixa de transporte durante a conexão entre dois voos.

Imediatamente após a constatação deste triste episódio, passamos a empreender uma série de medidas para, ao mesmo tempo, amparar e reduzir o sofrimento do tutor do animal, além de acionar diferentes meios para tentar localizar o paradeiro da Pandora

(…) Toda a estrutura de hospedagem, alimentação e transporte necessárias para acomodar o Cliente e sua acompanhante, próximos ao local do incidente e assim facilitar as buscas, foi providenciada e custeada pela Companhia desde 15 de dezembro de 2021. 

E, em função de uma determinação judicial permanecerá assim por mais 30 dias, contados a partir de 5 de janeiro. Adicionalmente, apesar de declinada pelo Cliente e sua acompanhante, foi disponibilizada assistência psicológica profissional“.  

Quando completou 1 mês do desaparecimento da cachorra, manifestantes se reuniram no Aeroporto de Guarulhos com cartazes questionando: Gol, cadê a Pandora?.

Em em 21 de dezembro a Gol, porém, informou que não estava mais fazendo buscas com ajuda de empresas especializadas em procurar animais perdidos porque, com as chuvas depois do desaparecimento de Pandora, os cães farejadores não conseguiam encontrar mais vestígios.

Reinaldo solicitou vídeos internos do aeroporto para encontrarem pistas de onde Pandora poderia estar. Contudo, não conseguiu.

Somente depois, a polícia liberou imagens para o dono do animal em que Pandora aparece correndo pela pista e Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Veja também:
'Não estou sabendo lidar', diz Bárbara Evans após cachorra comer anel de brilhante

Ainda no vídeo, é possível notar funcionários do aeroporto vendo Pandora andar pelo Terminal de Cargas. Eles apontam para onde ela seguia e, às 9h19, a câmera registrou Pandora andando pelo gramado perto de uma guarita.

Confira uma foto de Reinaldo Junior feliz e aliviado por terem encontrado a Pandora:

Reinaldo - Pandora
Foto: Reprodução/Instagram

Vídeo: cachorro passa mal e é salvo por PM de folga que fez massagem cardíaca

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Tiago Leifert - Daiana Garbin - Lua

Tiago Leifert chora escondido da filha bebê, diagnosticada com câncer raríssimo

Beatriz Coelho - ex camila pitanga

Ex-namorada de Camila Pitanga acaba presa e algemada por fazer topless na praia