in

Homem toma café com todos seus amigos do Facebook e ensina lição de vida

Ele decidiu entrar em contato com todos os amigos e convidá-los para tomar um encontro

O músico australiano Matt Kulesza, em meados de 2014, teve um simples pensamento que mudaria sua vida para sempre. Ele percebeu que tinha 1088 amigos no Facebook e refletiu se realmente precisava de todos eles, decidindo fazer uma “limpeza” nos contatos.

Como critério de eliminação, ele decidiu se questionar: “Eu tomaria um café com essa pessoa?”. A partir daí a coisa mudou de figura! Ele decidiu entrar em contato com todos os amigos e convidá-los para tomar um café.

Foi assim que surgiu o projeto ‘1000+ Coffees’, onde ele compartilha um resumo da experiência e fotos dos encontros e reencontros. O projeto mudou sua vida e Matt difunde os benefícios de abandonar, mesmo que em partes, o mundo virtual, se entregando a mais experiências no “mundo real”.

O pontapé inicial foi um café com Kris Schroeder, que era seu amigo na rede social desde 2008. Eles haviam se conhecido 3 anos antes, quando suas bandas tocaram juntas em um bar. Matt contou que eles conversaram sobre vida pessoal e política. Por ter sido o primeiro encontro de todos, ficou marcado como algo especial.

View this post on Instagram

Tiny coffee or giant man

A post shared by 1000+ Coffees (@1000pluscoffees) on

Apenas no primeiro mês, ele conseguiu marcar 26 cafés. Considerando que conseguiria tomar cerca de 4 ou 5 cafés por semana, ele sabia muito bem que seu projeto teria uma longa vida de – pelo menos – três anos.

No primeiro contato, Matt escrevia: “Olá. Há muito tempo que não nos vemos. Deveríamos tomar um café. Eu adoraria saber por onde você tem andado”. Para não soar bizarro, visto que não falava com a pessoa há muito tempo, ele explicava o projeto e mostrava o blog.

A logística para o caso onde os amigos moravam longe poderia ser um complicador, mas Matt enxergou a oportunidade de viajar e conhecer novos lugares e pessoas. Ele até mesmo planejou uma viagem para o Brasil, onde tinha 2 amigos.

Matt ganhou muitas outras coisas que jamais esperava. Por exemplo, aceitou o convite para fazer um mergulho com um ex-amigo da escola infantil, que havia se tornado um fotógrafo subaquático.

Outro encontro interessante foi com Miles Brown, que é reconhecido como o melhor tocador de teremim da Austrália. Esse café o inspirou a começar a ter aulas de teremim. Uma das amigas com quem ele saiu também ofereceu um novo emprego, que ele aceitou!

Atualmente, Matt vive na China e na Coreia do Norte, trabalhando como guia turístico. Ele sente falta do projeto que, com a distância, precisou ser desativado.

Comente com o Facebook
paula

Namorado misterioso de Paula, do BBB 19, é um empresário bilionário

jovem morreu parto (je)

Jovem emociona ao postar última foto da esposa em vida, após parto