in , ,

Religião inusitada cultua Maradona como um deus e tem mais de 100 mil fieis

A Igreja Maradona existe desde 1988 e possui hábitos todos relacionados ao jogador de futebol

O ex-atleta Diego Maradona, que morreu nesta quarta-feira (25), foi considerado o maior expoente do futebol argentino e – pasme! – tem uma igreja em sua homenagem. Neste culto, o jogador é tido como um deus.

Nesta quarta, após a confirmação da morte do ícone argentino, a igreja usou as redes sociais para anunciar uma convocação para um “culto” de despedida da entidade divina em que o craque se transformou. Os fiéis vão se reunir ao redor do Obelisco, em Buenos Aires, a partir das 18h.

Veja também:
Morre Diego Maradona, maior jogador da história do futebol argentino

A Igreja Maradona

Desde 1988, os membros da Igreja Maradona festejam o Natal no dia 30 de outubro – dia do aniversário do ídolo.

A Páscoa, por sua vez, é celebrada no dia 22 de junho – uma a referência ao gol feito pelo craque argentino na Copa do Mundo de 1986, contra a Inglaterra. O gol é considerado, pelos fiéis da religião, como um milagre por sua complexidade.

Na mesma partida, o jogador argentino fez um gol com a mão e, quando questionado, respondeu aos jornalistas: “Gol com a mão? Foi a mão de Deus”.

Os maradonianos, como são chamados, possuem um centro com um altar de adoração a Maradona. Os sacerdotes usam vestimentas semelhantes a dos padres da igreja católica.

No altar, também chama atenção uma bola “ensanguentada”, com uma coroa de espinhos.

A Igreja de Maradona possui mais de cem mil membros em todo o mundo. Dentre eles, há cerca de quinze mil brasileiros – sendo o jogador Ronaldinho Gaúcho o mais famoso.

Os seguidores da igreja também compartilham uma oração:

“Eu acredito em Diego.

Futebolista Todo Poderoso,

Criador de magia e paixão.

Eu acredito em penugem, nosso D10s, nosso Senhor.

Que foi concebido por obra e graça de Tota e Don Diego.

Nascido em Villa Fiorito.

Ele sofreu sob o poder de Havelange.

Foi crucificado, morto e mal tratado.

Suspenso das quadras.

Cortaram-lhe as pernas.

Mas ele voltou e ressuscitou seu feitiço.

Estará dentro de nossos corações.

para sempre e na eternidade.

Eu acredito em espírito de futebol.

A Santa Igreja Maradoniana,

O golo para os ingleses,

A canhota mágica,

A eterna gambetta diablada,

E em um Diego eterno.

Diego.”

Morre Diego Maradona, maior jogador da história do futebol argentino

Comente com o Facebook
maradona

Morre Diego Maradona, maior jogador da história do futebol argentino

miguel falabella

Padre com nome Miguel Falabella morre e assusta fãs do ator homônimo