in , ,

Luiz Bacci diz ter sido ameaçado por irmão de assassino de Rafael Miguel

Apresentador do “Cidade Alerta” criticou atuação da polícia no caso e disse que não será intimidado por ameaças

Foto: Edu Moraes / Record

Luiz Bacci, jornalista e apresentador do ‘Cidade Alerta’, disse que sofreu uma ameaça do irmão de Paulo Cupertino, o acusado de matar a tiros o ator Rafael Miguel, de 22 anos, a mãe dele, Miriam Selma Miguel, de 50, e o pai, João Alcisio Miguel, de 52.

Na última sexta-feira (9), Bacci relatou que tem sido alvo de Joel Cupertino, irmão de Paulo, que está foragido. Ele comentou a ameaça em um post no Instagram, no qual também criticou a atuação da polícia – que já tenta prender o assassino há dois meses.

“Paulo Cupertino está dando um verdadeiro ‘olé’. Há dois meses a polícia de São Paulo não consegue prender o assassino de Rafael Miguel e seus pais. A vitória do Cupertino em cima da polícia de SP tá maior que o pau que o Brasil tomou de 7 a 1 da Alemanha na Copa retrasada”, afirmou Bacci, inicialmente.

O jornalista completou: “A ameaça que recebi hoje do irmão dele não vai me intimidar. Quem está acobertando a fuga? Será que existe mesmo interesse em prendê-lo? O tempo vai dizer”.

Nos comentários, Isabela Tibcherani, a namorada de Rafael Miguel e filha do assassino, demonstrou apoio ao jornalista. “Não temo! Nem ele, nem ninguém. Vou até o fim”, escreveu.

Conforme revelado na edição do ‘Cidade Alerta’ de sexta-feira (9), Joel Cupertino teria dito que jogaria Bacci “aos carniceiros” e que o jornalista teria algo com Isabela Tibcherani. “Corajoso ele, hein?”, ironizou, em resposta.

Em junho, Joel Cupertino já havia ofendido o jornalista ao falar com a equipe do ‘Cidade Alerta sobre o caso. À época, ele acusou o Bacci de distorcer as informações sobre o caso. “Ô Bacci, vocês dizem que eu sou ruim, mas você é o maior pilantra, porque você está querendo distorcer o ‘bagulho’. E quer saber de uma coisa? Vai se f…”, afirmou o homem.

O crime

Foto: divulgação / Polícia Civil
Foto: divulgação / Polícia Civil

Conhecido pela atuação em ‘Chiquititas’, Rafael Miguel e os pais foram mortos a tiros por Paulo Cupertino na noite de 9 de junho. O motivo teria sido o fato de o homem não aceitar o relacionamento entre o ator e sua filha, Isabela Tibcherani.

Desde o crime, o homem tem sido procurado pela polícia, teve contas bloqueadas e possíveis disfarces divulgados pelas autoridades. Pouco mais de dois meses depois, Cupertino segue foragido.

A polícia pede a quem tiver informações sobre seu paradeiro para ligar o Disque-Denúncia, no número 181. Não é preciso se identificar.

Comente com o Facebook
padre fábio de melo

Após polêmica sobre Alexandre Nardoni, Padre Fábio de Melo abandona o Twitter

Foto: Nino Muñoz/Reprodução/Instagram

Gisele Bündchen posa amamentando em foto, é criticada e fãs a defendem