in ,

Foragido há 3 meses, assassino de Rafael Miguel entra para lista da Interpol

Pela possibilidade de ter fugido para outro país, ele foi incluído na lista de criminosos mais procurados do mundo

Foto: Divulgação/Polícia Civil

O assassinato do ator Rafael Miguel e dos pais dele completa três meses nesta segunda-feira (9) e, até agora, o responsável pelas mortes, Paulo Cupertino Matias, não foi encontrado pela polícia.

O crime foi cometido na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira, por Cupertino, pai da namorada de Rafael, Isabela Tibcherani Matias. Ele que não aceitava o namoro da filha com o artista. Após três meses, o homem continua sendo procurado pela polícia de São Paulo.

Agora, a polícia informou que, devido a possibilidade de o criminoso ter fugido para outro país, foi pedida a inclusão de seu nome na lista de criminosos mais procurados do mundo: a Interpol.

Rafael Miguel, conhecido por seu papel na novela ‘Chiquititas’, e seus pais João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos, haviam ido à casa da namorada do rapaz para conversar sobre o namoro. De acordo com a Polícia Civil, Paulo atirou 13 vezes nas vítimas.

Nesses últimos 90 dias, as autoridades já verificaram mais de 60 endereços em seis estados para tentar localizar o paradeiro do assassino. Além de São Paulo, chegaram informações das policias de Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Goiás e Mato Grosso do Sul.

A polícia paulista ainda divulgou fotos de possíveis disfarces que Paulo Cupertino Matias possa utilizar para não ser reconhecido.

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

A única conta bancária em nome de Paulo Cupertino Matias foi bloqueada pela Justiça, para que ele não possa movimentá-la e encontre dificuldades para continuar se escondendo. A possibilidade de Paulo estar recebendo ajuda de outras pessoas para não ser pego também é apurada pela polícia. Para fugir, Paulo usou um carro com placas clonadas.

Paulo Cupertino já teve passagens criminais anteriores por agressão e roubo. A polícia pede a quem tiver informações sobre seu paradeiro para ligar 181, número do Disque-Denúncia. Não é preciso se identificar.

Apresentador de TV recebe ameaças

Luiz Bacci, jornalista e apresentador do ‘Cidade Alerta’, disse que sofreu uma ameaça do irmão de Paulo Cupertino. No dia 9 de agosto, Bacci relatou que tem sido alvo de Joel Cupertino. Ele comentou a ameaça em um post no Instagram, no qual também criticou a atuação da polícia.

“Paulo Cupertino está dando um verdadeiro ‘olé’. Há meses a polícia de São Paulo não consegue prender o assassino de Rafael Miguel e seus pais. A vitória do Cupertino em cima da polícia de SP tá maior que o pau que o Brasil tomou de 7 a 1 da Alemanha na Copa retrasada”, afirmou Bacci, inicialmente.

O jornalista completou: “A ameaça que recebi hoje do irmão dele não vai me intimidar. Quem está acobertando a fuga? Será que existe mesmo interesse em prendê-lo? O tempo vai dizer”.

Nos comentários, Isabela Tibcherani, a namorada de Rafael Miguel e filha do assassino, demonstrou apoio ao jornalista. “Não temo! Nem ele, nem ninguém. Vou até o fim”, escreveu.

Conforme revelado na edição do ‘Cidade Alerta’ na mesma data, Joel Cupertino teria dito que jogaria Luiz Bacci “aos carniceiros” e que o jornalista teria algo com Isabela Tibcherani. “Corajoso ele, hein?”, ironizou, em resposta.

Em junho, Joel Cupertino já havia ofendido o jornalista ao falar com a equipe do ‘Cidade Alerta’ sobre o caso. À época, ele acusou o Bacci de distorcer as informações sobre o caso. “Ô Bacci, vocês dizem que eu sou ruim, mas você é o maior pilantra, porque você está querendo distorcer o ‘bagulho’. E quer saber de uma coisa? Vai se f…”, afirmou o homem.

Veja também:
Prática de tortura em mercado de SP era recorrente, mostram câmeras

Comente com o Facebook
luana piovani

Luana Piovani posa de biquíni e rebate críticas por ter o umbigo ‘alto’

titi müller

Titi Müller diz ao vivo que ‘vai dar PT em 2022’ e faz Multishow se pronunciar