in ,

Elefante que matou idosa voltou com manada e também destruiu a casa dela

Além da casa de Maya Murmu, outras três residências foram destruídas durante ataque de elefantes

Foto: Canva

A história assustadora do elefante que atacou e matou uma idosa de 70 anos, depois voltou e invadiu o funeral para pisotear o corpo dela, se espalhou pelas redes sociais na última semana.

Agora, uma novidade sobre o caso acaba de ser divulgada pela imprensa indiana: enquanto o elefante invadia o funeral de Maya Murmu, uma manada de 10 elefantes foi até a casa dela e destruiu não apenas sua residência, mas outras três localizadas no mesmo vilarejo.

  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

Nem a criação de cabras de Maya Murmu sobreviveu ao ataque dos elefantes. Todos os animais foram pisoteados pela manada.

Em entrevista ao jornal ‘The Times of India’, uma das testemunhas disse que os moradores viveram momentos de pânico com o aparecimento dos elefantes.

“Ficamos aterrorizados depois de testemunhar a manada de elefantes na quinta-feira à noite. Nunca tivemos um bando de elefantes tão feroz antes”, disse a pessoa entrevistada.

Veja também:
Elefante que matou idosa invade o funeral para pisotear o corpo dela novamente

Os elefantes fugiram do parque Santuário Dalma de Vida Selvagem e encontrou Maya Murmu pegando água no vilarejo de Raipal, no distrito indiano de Mayurbhanj, em Odisha, na quinta-feira, dia 9 de junho.

Um deles a atacou, Maya chegou a ser socorrida e levada para o hospital ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A idosa estava sendo velada pelos familiares e amigos quando, de repente, o paquiderme não satisfeito apareceu no local, acompanhado de outros elefantes, tirou o corpo dela da pira onde estava, a pisoteou novamente e arremessou para longe.

Nenhum outro presente ficou ferido e a idosa Maya Murmu foi velada horas depois pela família. As informações foram confirmadas pelo portal local ‘The Print’.

Confira no vídeo abaixo um pouco dos destroços do vilarejo após o ataque dos elefantes:

Elefante se vingou?

Segundo as autoridades indianas, os elefantes andaram mais de 200 quilômetros até encontrar a senhora, já morta, para pisoteá-la mais uma vez.

“O que quer que aquela mulher tenha feito com aquele elefante é o maior mistério da década“, disse um internauta no Twitter.

Veja também:
Idosa de 79 anos faz confusão com pedais do carro e mata a própria filha atropelada

Diante do ocorrido, surgiram algumas especulações na Índia sobre o que pode ter causado o ataque.

De acordo com a TV Indiana ‘Kanak News’, na região onde Maya vivia há uma tensão entre os elefantes e os seres humanos devido à ação de garimpeiros que destroem florestas e colocam em risco o habitat e a sobrevivência dos animais.

Já segundo informações do portal ‘Uol’, outro grupo de pessoas argumenta que a vítima fazia parte de um grupo de caçadores que matou o filhote do elefante. A imprensa indiana especula que o ataque do animal à mulher foi um tipo de retaliação.

O elefante é o maior animal terrestre da atualidade, ele pode ter até quatro metros de altura e pesar mais de sete toneladas.

Os elefantes se mostram bastante agressivos, mais perigosos do que se imagina, conforme comprovou o caso citado acima.

Diante a morte violenta de Maya Murmu, aos 70 anos, o governo da Índia apontou à imprensa local que aproximadamente 100 pessoas são mortas por elefantes a cada ano no país, que é um dos mais populosos do mundo, com mais de 1 bilhão e 400 mil pessoas.

Veja uma imagem da casa destruída pelos elefantes:

Vilarejo destruição - elefantes
Foto: Reprodução/Twitter
  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

Elefante que matou idosa invade o funeral para pisotear o corpo dela novamente

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

kelly key

Durante live, Kelly Key já ensinou Gracyanne Barbosa a fazer sexo anal

Procuradora agredida - Registro

Procuradora é espancada por colega de trabalho e vídeo da agressão choca o Brasil