in ,

Essa mulher não consegue parar de comer as cinzas do próprio marido

Ela revelou que está viciada nas cinzas do falecido, mesmo sabendo que elas têm gosto de ovo podre

Fotos: Reprodução/TLC

A norte-americana Casie revelou um hábito bizarro e repugnante adquirido após a morte de seu marido em 2011. Ela é viciada em comer as cinzas do homem que tanto amou, e que morreu de forma inesperada.

  • 3 LIVROS POR R$ 50!!! Inclusive quadrinhos em oferta, com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Clique aqui.

Pode ser difícil de acreditar, mas a moradora do estado do Tenessee, nos Estados Unidos, participou do programa ‘My Strange Addiction’ (Meu Estranho Vício, em português), da emissora TLC, e surpreendeu os telespectadores ao revelar seu vício inusitado.

Casie e o marido eram inseparáveis e a morte dele a destruiu. Ele faleceu apenas dois anos depois do casamento. O tempo passou e ela precisava voltar a viver e o fez, mas sempre levando a urna mortuária com as cinzas do marido para onde ia, como forma de conforto em meio ao luto.

Até que um dia, por acidente, Casie deixou a urna cair e derramou um pouco das cinzas no chão da casa. Jogar parte dos restos mortais do marido fora não era uma opção. Ela decidiu, então, recolher e lamber os dedos.

Veja também:
Mulher descobre que mãe estava viva momentos antes de cremação: 'máscara se mexeu'

“Eu não queria enxugá-lo, esse é meu marido, eu não queria enxugá-lo, então apenas o lambi de meus dedos“, contou Casie em entrevista no programa. “Começou como não querer me livrar dele e progrediu para comê-lo”, afirmou.

Veja uma foto de Casie com a urna mortuária do marido:

Casie
Foto: Reprodução/TLC

“As cinzas têm gosto de ovo podre”

Segundo ela, as cinzas têm gosto de ovo podre, areia e lixa. Mas apesar disso, ela gostou da experiência e passou a comer um pouco todos os dias. Chegou um momento em que Casie já estava comendo as cinzas ao menos cinco vezes por dia.

A norte-americana tinha noção do quão bizarro e repulsivo era esse hábito, por isso, ela vivia com um sentimento conflitante dentro dela. Era um misto de nojo pelo vício em comer as cinzas do marido e da dor pela perda do homem que amava.

Isso me deixa envergonhada, revoltada comigo mesma, confusa, louca. Você tem que ser uma pessoa muito doente para comer as cinzas de alguém”. 

A urna com as cinzas do marido foi entregue para ela pesando 3kg. Quando o programa foi ao ar, Casie já tinha comido cerca de 500g dos restos mortais do homem.

Tenho que parar de comê-lo, já o perdi uma vez, desta vez será minha culpa perdê-lo de novo”, lamentou a mulher.

Ela acabou tendo que ser internada em uma clínica psiquiátrica para se livrar do hábito e tentar, com o tratamento, superar a dolorosa morte do marido.

  • 3 LIVROS POR R$ 50!!! Inclusive quadrinhos em oferta, com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Clique aqui.

Silvio Santos quer que cinzas dele sejam jogadas no auditório do Ratinho

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Deolane Bezerra

Internet vai à loucura ao ver Deolane, viúva de MC Kevin, antes da fama

Metrô

Mulher é estuprada no metrô e passageiros não fazem nada para impedir