in ,

Ninja? Vídeo viraliza após jovem conseguir escapar de um atropelamento

Ela saltou e escalou o veículo para se salvar – tudo isso com um copo de milk-shake na mão

Foto: Reprodução/Twitter

Uma tragédia foi evitada na última semana graças à rapidez e ao reflexo de uma jovem mineira que escapou de um atropelamento de maneira inacreditável. A cena foi filmada pelas câmeras de segurança da rua e viralizaram nas redes sociais.

A estudante Débora Rezende estava comprando um milk-shake tranquila no fim da tarde de sexta-feira, dia 04 de março, às 17h20, conforme indicam as imagens do local.

Tudo corria normalmente bem na cidade de Três Pontas, interior de Minas Gerais, até que um ônibus teve problemas com o freio e saiu desgovernado se chocando com outros carros que passavam pela região.

Veja também:
Ucrânia: homem pelado para o trânsito, é nocauteado por motorista e vídeo viraliza

Um dos carros foi arrastado pelo ônibus e avançou em direção à sorveteria onde a estudante e outras pessoas estavam. Mesmo com o celular em uma mão e o milk-shake em outra, Débora pensou e agiu rápido para evitar ser atropelada.

O carro veio sendo arrastado pelo ônibus que perdeu o controle e a jovem, apoiada no balcão, escalou a frente do veículo com as pernas e conseguiu sair ilesa do acidente.

Cinco veículos foram atingidos pelo ônibus sem freio no centro da cidade de Três Pontas. Felizmente, ninguém ficou ferido. 

Confira o momento exato de como ela se salvou do atropelamento no vídeo abaixo:

Se salvou do atropelamento

Internautas se surpreenderam com o vídeo. “Isso é que é reflexo!, comentou um rapaz. “A moça ai já pode ser convidada para ser o novo Homem-Aranha. Ou a Mulher-Aranha“, disse outro.

Ninja mineira“, definiu mais um internauta. “Que desenrolada, meu Deus, como ela conseguiu?“, questionou uma mulher.

Veja também:
E a Luiza, ainda está no Canadá? Viral completa impressionantes 10 anos

Em entrevista ao portal ‘G1’, a estudante que ficou famosa na cidade – e em todo o Brasil! – disse que na hora nem ela mesma acreditou no que tinha acabado de fazer.

“Cheguei à faculdade e todo mundo me ligando falando que tinha um vídeo meu. Quando eu vi o vídeo, nem eu acreditava que eu tinha feito aquilo. Eu nem pensei, só pulei. Depois que eu pulei, peguei minhas coisas e subi (fui embora) como se nada tivesse acontecido, disse ela.

Rejane Rezende, mãe da sobrevivente, contou em entrevista ao ‘G1’ que ficou angustiada ao assistir ao vídeo, mas depois só conseguiu sentir gratidão pela reação rápida da filha e o livramento que ela teve nesse dia.

Veja um registro de momentos antes do atropelamento:

Débora Rezende - atropelamento MG
Foto: Reprodução/Twitter

Brasileiro morre atropelado ao trocar pneu em rodovia dos Estados Unidos

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Popó Vaz morreu

Um dos únicos policiais transexuais da história, Popó Vaz é encontrado morto

tom brady

Desaposentadoria: fã pagou R$2,6 mi por ‘última bola’ de Tom Brady horas antes