in ,

Procurando apartamento para a filha, pai morre atropelado em faixa de pedestre

Câmeras de segurança flagraram o momento exato da colisão do carro, que também atingiu a jovem

Foto: Reprodução/ NSC TV

Uma tragédia aconteceu na manhã desta quarta-feira (19) em Blumenau, Santa Catarina. Um homem de 52 anos e a filha, de 19, foram atropelados por um furgão na faixa de pedestres enquanto atravessavam a rua.

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

O pai, o empresário Charles Longen, morreu na hora. A filha que também foi atingida, foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o hospital. O acidente aconteceu na rua São Paulo, no bairro Victor Konder.

Veja também:
Mais tragédia em Goiás: pai atropela e mata a própria filha acidentalmente

A família é de outra cidade e estavam em Blumenau para procurar apartamento para a jovem, que faz faculdade . Câmeras flagraram o momento do acidente. Enquanto atravessavam, o empresário chegou a fazer sinal com a mão para avisar que estavam passando.

Contudo, o furgão não parou e eles foram atropelados mesmo assim. O motorista não ficou ferido, parou para prestar socorro e não foi preso.

Ele realizou o teste do bafômetro, que não detectou presença de álcool no sangue e foi liberado em seguida.

Confira uma imagem do momento exato do atropelamento:

Acidente Blumenau
Foto: Reprodução/ NSC TV

O que vai acontecer com motorista que causou acidente?

Após a tragédia, a Guarda Municipal de Trânsito (GMT) informou que o motorista não estava bêbado e estava devidamente habilitado.

A especialista em trânsito e colunista do ‘Portal Alexandre José’, Márcia Pontes, explicou em entrevista porque ele não foi detido e o que vai acontecer com ele.

Segundo a especialista, o motorista não foi preso pois vai responder pelo crime presente no artigo 302 do Código de Trânsito Brasileiro, de Homicídio culposo (quando não há intenção de matar) na direção de veículo automotor.

A pena prevista é de dois a quatro anos, mas este crime é passível de fiança.

Veja a entrevista com a especialista em trânsito, Márcia Pontes:

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

‘Matou a mim também’, diz mãe de bebê vítima de atropelador de Copacabana

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Jornalista - Daniel Carniel

Jornalista entra no ar ensanguentado após apanhar na porta da emissora; vídeos

Eslovênia

‘BBB 22’: Eslovênia, participante com nome diferentão, vira notícia… na Eslovênia!