in ,

Tragédia na cozinha: mulher morre após acidente fritando ovo

Acidente fatal destaca a importância de estar sempre atento às pequenas ações

Fotos: Reprodução/Canva

Elisângela Oliveira de Jesus, de 33 anos, morreu após um acidente doméstico que transformou uma tarefa cotidiana em uma catástrofe. Ela estava no processo simples de preparar um ovo frito quando o inesperado aconteceu.

  • Novo PlayStation®5 Slim + acessórios e games com o melhor preço do Brasil, frete grátis e entrega super rápida? Só pode ser clicando aqui!

O incidente, ocorrido em Rio Claro, interior de São Paulo, serve como um lembrete dos perigos escondidos nas atividades diárias.

Ao quebrar o ovo em um copo contendo água – um detalhe que lhe escapou – ela inadvertidamente desencadeou uma reação perigosa.

O ato de verter a mistura de ovo e água na frigideira quente com óleo resultou em um súbito aumento das chamas, que atingiram seu rosto e as roupas que vestia, incluindo sua camiseta e o sutiã de amamentação, uma vez que era mãe de uma criança de apenas um ano.

Levada às pressas para a Santa Casa de Rio Claro e posteriormente transferida para a Unidade de Tratamento de Queimaduras da Santa Casa de Misericórdia de Limeira, Elisângela lutou pela vida durante 10 dias.

A equipe médica tinha uma cirurgia programada na esperança de recuperá-la. Contudo, tragédia se aprofundou quando ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu.

Este acidente fatal destaca a importância de estar sempre atento às pequenas ações e como elas podem ter consequências devastadoras.

O ocorrido com Elisângela Oliveira de Jesus não é apenas uma história de perda e dor, mas também um alerta para todos sobre os riscos muitas vezes ignorados em casa.

Veja também:
Wilson Fittipaldi, ex-piloto de F1, morre aos 80 anos de idade

A despedida de Elisângela será marcada por um sepultamento nesta segunda-feira (26) no Cemitério de Itirapina, às 17h, deixando uma comunidade em luto e uma família desolada pela perda de uma mãe, filha e amiga.

Acidente fritando ovo

Veja o estado que Elisângela ficou antes de morrer. AS IMAGENS SÃO FORTES:

Elisângela Oliveira de Jesus - internada
Fotos: Arquivo Pessoal

Como a mistura de água e óleo quente pode ser fatal

Em um relato que chama a atenção para os riscos ocultos nas atividades cotidianas, uma tragédia doméstica ressalta a importância de conhecer os perigos que envolvem tarefas aparentemente simples, como fritar um ovo.

A ciência por trás da reação entre água e óleo quente, explicada pelo professor de química Eduardo Sanchez Fazzari ao ‘G1’, lança luz sobre o motivo pelo qual essas substâncias quando combinadas sob certas condições, podem levar a resultados devastadores.

“Quando você joga algum resíduo de água no óleo, por eles não se misturarem e a água ser mais densa, ela vai para baixo do óleo. Como a temperatura está muito alta, as gotículas de água vaporizam (calefação) e absorvem muita energia”.

“As moléculas gasosas se expandem, praticamente ficando 1,7 mil vezes maiores do que no volume líquido. Quando ocorre essa expansão da água e ela está embaixo do óleo, ela empurra, arremessa todo esse óleo para fora da panela”, detalha Fazzari, evidenciando a física perigosa por trás de um gesto corriqueiro na cozinha.

Além de entender a reação química, é crucial saber como agir em caso de queimaduras.

Veja também:
Afinal, Sandra Annenberg era uma das passarinhas do Castelo Rá-Tim-Bum?

O Ministério da Saúde fornece orientações essenciais para o primeiro socorro, que incluem colocar a área afetada sob água corrente fria por cerca de dez minutos, usar compressas úmidas e frias, evitar tocar a lesão com as mãos, não furar bolhas e não aplicar substâncias caseiras sobre a queimadura.

A busca por atendimento médico imediato é fundamental.

O acidente doméstico que resultou na morte de uma mulher, após tentar fritar um ovo e inadvertidamente misturar água com óleo quente, não apenas sublinha a necessidade de precaução e educação sobre segurança na cozinha, mas também despertou uma onda de solidariedade.

Para apoiar a família enlutada, que enfrenta dificuldades financeiras, uma campanha nas redes sociais foi iniciada.

Aqueles que desejam contribuir podem buscar informações através do perfil de Régis Cândido, marido de Elisângela, que agora se encontra em uma situação desafiadora ao cuidar de sua filha bebê sem a companheira.

Veja uma foto de Elisângela com o marido:

Elisângela Oliveira de Jesus - marido
Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Novo PlayStation®5 Slim + acessórios e games com o melhor preço do Brasil, frete grátis e entrega super rápida? Só pode ser clicando aqui!

Explosão de panela de pressão deixa jovem com queimaduras severas

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

marido da gisele

Tom Brady acredita que novo romance de Gisele começou antes do divórcio

Fernanda Gentil - apresentadora

Fernanda Gentil é diagnosticada com Paralisia de Bell; entenda