in ,

Pedestre morre após ser atingido por botijão de gás jogado de apartamento no RJ

Suspeito de ter arremessado objeto foi preso; segundo o RJ2, a família disse que ele possui problemas mentais

Fonte: Divulgação/PMERJ

Um pedestre morreu na segunda-feira (12) após ser atingido na cabeça por um botijão de gás, jogado da janela de um apartamento de Copacabana, no Rio de Janeiro. O suspeito de ter arremessado o objeto já foi detido pela Polícia Militar (PM). As informações são dos sites UOL e G1.

Segundo a PM, o fato ocorreu por volta das 16h. O fato ocorreu perto do cruzamento das ruas Aires Saldanha e Djalma Ulrich, que tiveram de ser parcialmente interditadas para os trabalhos de perícia.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas assim que chegou ao local, a vítima já estava morta.

O suspeito de ter arremessado o botijão foi preso pela PM e levado para a 13ª delegacia, que fica em Ipanema. Depois, foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).

Segundo o jornal RJ2, da TV Globo, o suspeito foi identificado como Venilson da Silva Sousa. Segundo sua família, ele possui problemas mentais e passa por tratamento.

Também foi informado que o homem já havia tido surtos parecidos anteriormente. Ele chegou a arremessar outros objetos da janela do seu apartamento.

Ainda de acordo com o RJ2, testemunhas identificaram a vítima apenas pelo apelido de Tronco. Ele seria morador da favela Pavão-Pavãozinho e costumava vender frutas no local.

Comente com o Facebook
louro josé

Tom Veiga, o Louro José, se separa após 8 meses de casamento

Fonte: Thiago Japyassu/Pexels

Pedreiro é preso por roubar R$ 2 mil de turista durante sexo grupal em Fernando de Noronha