in ,

Suspeito de ajudar assassino de Rafael Miguel na fuga concede entrevista

O programa ‘Repórter Record Investigação’ teve acesso à informações inéditas sobre o caso

Foto: Divulgação/Record TV

Na próxima quinta-feira (20), às 22h30, a Record TV trará à público informações recentes sobre um triste caso de polícia que chocou o país. Trata-se do assassinato do ator Rafael Miguel, de 22 anos, e de seus pais, João, de 52, e Mirian, de 50, que aconteceu em junho de 2019.

Jornalistas do programa ‘Repórter Record Investigação’ tiveram acesso a trechos inéditos da investigação, como documentos que comprovam o envolvimento de dois homens na fuga do suspeito. O programa, a ser exibido, promete fazer “revelações do caso Cupertino”.

Veja também:
Foragido há 1 ano, assassino de Rafael Miguel entra para lista de mais procurados

Na noite do dia 9 de junho de 2019, Rafael Miguel e seus pais, João e Mirian, se dirigiram até a casa da namorada do ator, Isabela Tibcherani, em São Paulo, para conversar com a família dela.

O que a polícia acredita é que, ao chegarem ao local, eles foram surpreendidos pelo pai de Isabela, Paulo Cupertino Matias, de 49 anos.

Por não concordar com o relacionamento da filha com Rafael, ele os executou friamente disparando alguns tiros. O suspeito está foragido desde o dia do crime e acredita-se que ele tenha deixado o país.

A repórter Adriana Araújo entrevistou Wanderlei Antunes, que preferiu não mostrar o rosto. Ele é um dos suspeitos de ter auxiliado o empresário na fuga. Wanderlei, que se encontrou com Cupertino no dia dos crimes, afirmou que recebeu ameaças  para que o ajudasse a sumir.

“Um cara que mata três pode matar mais um. É tiro e rosca, o cara estava com sangue na veia”, disse Wanderlei em entrevista à Record TV.

Além desta entrevista, o programa também exibirá alguns registros do ator, que atuou em ‘Chiquititas’, do SBT, reunidos pela família.

“A gente fazia juntos os testes para televisão. Ele era tão extrovertido, tão agitado e, no começo, acabou tendo um pouco de sorte, mas ele também tinha muito talento”, relatou a irmã Camila.

Como a namorada de Rafael Miguel está hoje?

Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Miguel e filha do suspeito, Paulo Cupertino Matias, revelou que tem a intenção de investir na carreira de cantora.

Ao enfrentar uma séria depressão devido à perda do namorado e a maneira como isso aconteceu, Isabela precisou da ajuda de psicólogos.

A jovem contou em entrevista à revista ‘Quem’ que, durante este processo, ela encontrou na música uma maneira de lidar melhor com seus sentimentos.

Segundo ela, ser cantora é um sonho antigo e que agora está tentando realizar. A jovem já fez até uma música para Rafael Miguel, mas prefere não lançá-la por ser “pessoal demais”.

“Eu sempre cantei, desde pequena. Na verdade, minha mãe cantava muito, e eu adorava ouvir, quando pequena. Admirava muito! Acredito que herdei isso dela. Me faz tão bem cantar quanto me fazia ouvir. O estilo ainda não é definitivo. Acredito que vou tentar de tudo um pouco e, principalmente, escrever coisas que vierem do meu coração”, afirmou a Isabela Tibcherani em entrevista à ‘Quem’.

Ela falou, ainda, sobre seu desejo em ajudar as pessoas. “Sonho em ser uma mulher forte e bem-sucedida, continuar motivando as pessoas a seguirem em frente, independentemente das adversidades da vida e dar continuidade no legado de amor e bondade que o Rafa me ensinou”, disse Isabela.

Foragido há 1 ano, assassino de Rafael Miguel entra para lista de mais procurados

Comente com o Facebook
record

Record TV é condenada a indenizar criança por ‘situação vexatória’ na ‘Hora do Faro’

carrefour

Funcionário do Carrefour morre trabalhando e corpo é escondido para manter loja aberta