in ,

Após ser demitido, Stênio Garcia passa mal e pretende processar a TV Globo

Ator veterano trabalhou na emissora durante 47 anos de sua vida e não se sentiu bem com a notícia

Foto: Reprodução/TV Globo

O ator de 88 anos Stênio Garcia e sua esposa, Marilene Saad, falaram sobre a situação que ele se encontra após ser demitido da TV Globo. Ele, que trabalhou por 47 anos na emissora e atuou em papeis de destaque durante este tempo, parece estar ainda em “estado de choque”.

Segundo Marilene, o ator já passou mal diversas vezes e precisou de visita médica em casa. “Outro dia ele teve pressão alta e na segunda-feira vomitou. Sabe quando a pessoa fica aérea? Ele diz que está confuso. Ele está muito abalado e não está falando mais nesse assunto”, disse a esposa de Stênio.

Veja também:
Após implorar por trabalho, Stênio Garcia revela que foi demitido da TV Globo

Há cerca de 20 dias, o próprio ator havia publicado um vídeo nas redes sociais falando sobre o ultimato recebido pela Globo: caso não fosse escalado por algum autor de novela para um papel seu contrato seria quebrado.

A situação deixou Stênio profundamente ansioso e preocupado e ele recorreu às redes sociais para pedir ajuda.

Ao site ‘Notícias da TV’, Marilene falou mais sobre o que aconteceu. “Houve uma confusão. Em uma reunião, o moço do RH falou: ‘Se você for escalado até o dia 25 de março, depois deu o prazo até o dia 30, você continua e a gente não toca mais nesse assunto”, lembra.

“A gente entendeu que escalado seria para uma próxima novela ou reservado. Ele não sabia que o projeto futuro tinha que ser até o dia 25 de março. Teria que estar no dia 25 em estúdio e gravando. Impossível, porque tudo foi parado [por causa da pandemia do novo coronavírus]”, explica.

Depois de apelar na web, Stênio chegou a ser escalado por Glória Perez para sua próxima novela das 21h. “Ele estava todo feliz e a gente comemorou”, contou Marilene.

Segundo a esposa, no entanto, o contrato dele sofreria modificações e passaria a funcionar por obra – medida que a emissora já vem tomando com a maioria de seus artistas nos últimos anos. Antes o ator era contratado como pessoa física, ou seja, com carteira de trabalho assinada.

“Eles [da Globo] já falaram com a empresária dele sobre a rescisão e quando o senhor do recursos humanos me ligou, falou o seguinte: ‘Por causa do coronavírus, a gente manda [a rescisão contratual] aí’. Ele vai ler e mandar para o advogado”, disse Marilene.

“O advogado vai ler o que está escrito, porque diz que dentro de seis meses não pode trabalhar em outra emissora. Bom, ele [o advogado] vai falar se a gente vai atrás dos direitos”, revela ela.

Stênio Garcia teria sido prejudicado por Silvio de Abreu

Marilene também revelou que Stênio tinha uma relação difícil com o diretor de teledramaturgia Silvio de Abreu e que isso pode ter prejudicado ele dentro da TV Globo. Agora, sem o contrato com a emissora, o ator viverá apenas com uma aposentadoria de R$ 5 mil.

Para a equipe do programa ‘A Tarde é sua’, da RedeTV!, Stênio afirmou que vai recorrer na Justiça da decisão da Globo e vai processar a emissora por assédio moral e por ressarcimento de salários.

“Estou bem e saudável. Nesse momento é muito importante que você esteja saudável por causa de todas as coisas que estão acontecendo. Então, não me queixo de nada. Quanto a rescisão, vou atrás dos meus direitos e acho que vou ser atendido. Não tenho nenhum posicionamento contra nada, fico aguardando”, disse Stênio.

 

Veja também:
Após ultimato, Stênio Garcia faz vídeo em apelo para não ser demitido da Globo

Comente com o Facebook
whindersson

Whindersson Nunes faz paródia hilária da transmissão ao vivo de Gusttavo Lima

pandemia

Autora brasileira ‘previu’ pandemia de vírus no mundo em livro publicado em 2013