in ,

Vampeta debocha do sequestro de Marcelinho Carioca

Conhecido por seu humor ácido, ele não perdeu a oportunidade de tecer comentários sarcásticos

O episódio do sequestro do ícone do futebol Marcelinho Carioca continua ecoando na mídia e entre os fãs. Desta vez, quem trouxe à tona suas impressões foi Vampeta, em uma aparição no podcast “Campeões da Resenha”.

  • Natal de A a Z! Encontre o presente perfeito com economia e frete grátis. Basta clicar aqui e buscar tudo para o seu fim de ano.

O conhecido Velho Vamp não se furtou de expressar seu ponto de vista, confessando ter trocado ideias com o ex-companheiro de Corinthians sobre a terrível experiência.

Marcelinho Carioca, uma lenda entre os jogadores, viveu momentos de angústia. Foi visto pela última vez indo a uma celebração em Itaquera e, de repente, desapareceu.

O desespero aumentou quando seu automóvel foi localizado em Itaquaquecetuba e a notícia de seu sequestro após um show do cantor Thiaguinho veio à tona.

Vampeta, sempre conhecido por seu humor ácido, não perdeu a oportunidade de tecer comentários sarcásticos.

“Conversei, parabéns, Marcelo!”, começou. “Veio aquele negócio da mulher e ele falou pra mim que não foi nada daquilo. Eu acredito em você, Marcelo”, disse debochando.

“Eu acredito em você como grande amigo que eu sei que você é meu. Te conheço bem, mas acredito em tudo que você me falou. Ele saiu, ele foi no sábado, porque domingo ele ia jogar de manhã”.

“Ele foi levar os ingressos. Marcelinho Carioca tá tão bonzinho, né? Saiu do show, passou em Itaquá pra levar uns ingressos. Tá bom, Marcelo, acredito”, ele declarou, imerso em ironia e dando boas gargalhadas.

Veja também:
Ex-marido de Ana Hickmann apela pra baixaria: 'chupando o Edu Guedes faz tempo'

Veja o vídeo:

A dupla, Vampeta e Marcelinho, fez história no Corinthians na década de 90, marcando época com conquistas importantes como o bicampeonato Brasileiro e o Mundial de Clubes.

O drama vivido por Marcelinho começou após ele assistir ao show na NeoQuímica Arena, sendo abordado e capturado posteriormente. Durante o cativeiro, os sequestradores exigiram um resgate, acumulando uma quantia de R$ 42 mil.

A investigação avançou e a Polícia Civil já tem em vista seis suspeitos, com quatro detenções preventivas e duas pessoas ainda foragidas.

A trama se agravou com a divulgação de um vídeo forçado, onde Marcelinho e uma amiga, Taís Moreira, alegaram ter um relacionamento, numa tentativa dos criminosos de confundir as autoridades.

  • Natal de A a Z! Encontre o presente perfeito com economia e frete grátis. Basta clicar aqui e buscar tudo para o seu fim de ano.

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

estrada - acidente pai e filho

Tragédia em família: pai e filho morrem ao baterem de frente em estrada

doces envenenados

Advogada é presa sob suspeita de matar o sogro e a mãe dele com doces envenenados