in ,

Vera Fischer indica filmes, comenta premiações e bomba nas redes sociais

Atriz tira um tempinho para fazer críticas de cinema na internet e tem feito o maior sucesso com os fãs

Fotos: Reprodução/Instagram

A atriz Vera Fischer ficou entre os assuntos mais comentados das redes sociais brasileiras durante a noite desta quarta-feira (22). O motivo? Ela publicou um curioso tuíte recomendando o filme de terror ‘Nós’, do diretor Jordan Peele, aos seus seguidores.

De maneira inusitada, a indicação veio acompanhada por uma foto da própria atriz, de óculos escuros e mãos na cintura. Os internautas quase foram à loucura com a postagem e repercutiram o assunto na web.

“Vocês querem morrer de medo? É só ver ‘Us’ [título em inglês], o último filme de terror de Jordan Peele. É onde o sobrenatural é real demais. Assustador do início ao fim. É pra quem gosta, claro”, escreveu ela.

Veja a publicação original de Vera Fischer:

Os internautas se divertiram à beça com a publicação, que já contabiliza mais de 40 mil curtidas e mais de 6 mil retuítes. Confira algumas reações de usuários do Twitter ao final desta publicação.

“Muito obrigado pela dica, Vera, um forte abraço”, disse um internauta. “Eu tô morrendo com essa foto 100% relacionada”, disparou uma seguidora, se referindo ao fato de a foto não ter muito a ver com o texto publicado pela atriz.

“Gostei do conceito de postar uma selfie pra ilustrar qualquer post”, disse um internauta. Logo em seguida, vários usuários transformaram a situação em meme e passaram a postar suas próprias dicas de filmes e séries acompanhadas de uma foto de si mesmos, a exemplo da veterana.

Além disso, os internautas pediram que a TV Globo aproveite Vera Fischer como comentarista do Oscar, cuja cerimônia está prestes a acontecer. A transmissão da 92ª edição na TV Globo, no dia 9 de fevereiro, terá apresentação de Maria Beltrão e comentários da atriz Dira Paes e Artur Xexéo. Esse é o terceiro ano consecutivo do trio na função.

“Amei Vera Fischer de comentarista e acho que a Globo bem que poderia aproveitá-la pro Oscar! Hahaha… maravilhosa!”, disse uma seguidora. Outros internautas lembraram o fracasso da atriz Gloria Pires na função, em 2017, que acabou se tornando um viral na ocasião e é relembrado ainda nos dias de hoje.

Ao notar o sucesso da publicação, Vera voltou a se manifestar, agradecendo ao público e indicando que não é exímia conhecedora do funcionamento da rede social.

“Nossa, gente! Não imaginei que fosse abalar o Twitter assim e eu nem entendo ele direito. Não vou conseguir responder todos vocês, mas estou adorando e me divertindo muito com os comentários! Beijos pra vocês, meus queridos!”, escreveu.

Veja também:
Pastor se recusa a batizar jovem negra ao dizer: 'cabelo crespo não é de crente'

Veja:

Vera Fischer cinéfila e crítica de cinema

Apesar de ter bombado agora, essa não é a primeira vez que Vera Fischer paga de cinéfila nas redes sociais. Na primeira semana de janeiro, por exemplo, a atriz utilizou sua conta oficial do Instagram para publicar suas opiniões sobre a edição 2020 do ‘Globo de Ouro’, cuja cerimônia aconteceu no dia 5 deste mês, em Los Angeles.

Na publicação, ela seguiu os mesmos moldes: inseriu uma foto de si mesma para começar. Em seguida, completou com imagens de atores, filmes e diretores que ganharam o troféu – um dos mais importantes do cinema mundial. Como legenda, um texto sobre o que achou dos vencedores.

“E o Globo de Ouro, hem? Quase tudo foi bom, só fiquei um pouco frustrada porque ‘O Irlandês’ não levou nenhum prêmio. Aquele filmão épico, com todos aqueles monstros sagrados sentados alí, naquela mesa, Scorsese, De Niro, Al Pacino, Joe Pesce, Harvey Keytel, vendo o desenrolar daquela festa, as câmeras dando closes neles há toda hora, e… ficaram à ver navios?! Ah, isso é muito mal educado!”, opinou Vera no início do post.

Ela diz, ainda, que adorou ver o filme ‘Parasita’ vencer como Melhor Filme Estrangeiro, elogia as homenagens feitas à Ellen DeGeneres e Tom Hanks e fala sobre o que chamou de “melhor figurino da noite”: o vestido da atriz Charlize Theron, “um longo verde e preto, elegante”.

Vera comemora as vitórias do diretor Quentin Tarantino e do ator Brad Pitt, como Melhor Filme de Comédia e Melhor Ator Coadjuvante. “Sou fã de Tarantino desde sempre! Amei! E de Brad também. Ele é, além de bom ator, um excelente produtor, sempre ativo, um cara humilde, sincero, honesto. Além de bonito, é claro”, diz.

Dentre outros comentários, ela elogia muito o ator Joaquim Phoenix por sua atuação em ‘Coringa’. “Ele é uma hecatombe humana. Nunca vi, em cinema, TV, ou teatro, nada igual. Acho que, todos nós, atores, temos que olhar bem para este ator, para ver como é, o que é, como se faz. Muito respeito”, dispara Vera, que conclui suas críticas mostrando que é apaixonada por Pierce Brosnan, o eterno agente 007.

Confira a publicação original:

View this post on Instagram

. E o Globo de Ouro, hem? Quase tudo foi bom, só fiquei um pouco frustrada porque "O Irlandês" não levou nenhum prêmio. Aquele filmão épico, com todos aqueles monstros sagrados sentados alí, naquela mesa, Scorsese, De Niro, Al Pacino, Joe Pesce, Harvey Keytel, vendo o desenrolar daquela festa, as câmeras dando closes neles há toda hora, e… ficaram à ver navios?! Ah, isso é muito mal educado! Mas, adorei ver "Parasita" levar o prêmio de melhor filme estrangeiro. Tinha que ser. Bonitas as homenagens à Ellen DeGeneres e Tom Hanks. Aliás, vou dizer que o melhor figurino da noite, na minha opinião, foi o de Charlize Theron, um longo verde e preto, elegante, ao apresentar a homenagem à Tom Hanks. E vibrei, vibrei muito, com a vitória de Tarantino e Brad Pitt, como melhor ator coadjuvante e melhor filme na categoria comédia. Sou fã de Tarantino desde sempre! Amei! E de Brad também. Ele é, além de bom ator, um excelente produtor, sempre ativo, um cara humilde, sincero, honesto. Além de bonito, é claro. E amei também, Taron Egerton levar o prêmio de melhor ator em filme musical. Ele é um gênio! Eu tenho o filme em DVD, e, é ele mesmo quem canta. Fiquei feliz por ele e por Elton John, que estava na festa, vibrando muito. Todos tem que ver "Rochetman". É um filme deslumbrante, com um ator genial. Ainda não vi "1917", nem "Judy", então não posso comentar. Agora, Joaquim Phoenix, melhor ator por "Coringa", é pouco. Muito pouco. Ele é uma hecatombe humana. Nunca vi, em cinema, TV, ou teatro, nada igual. Acho que, todos nós, atores, temos que olhar bem para este ator, para ver como é, o que é, como se faz. Muito respeito. E então… Aparece Pierce Brosnam. Lindérrimo! Charmosérrimo! Chiquérrimo! E… continua sendo o meu número um! E acaba a festa.

A post shared by Vera Fischer (@verafischeroficial) on

“Amei seu comentário. Assisti e concordo com tudo. Que roupa mais feia a da Jennifer Lopes!!!! Embrulhada pra presente!! Charlize realmente linda… Agora é esperar o Oscar!”, disse uma seguidora. “Você é de Ouro, linda Vera! E pra completar, é inteligente”, elogiou outro.

Já no dia 15 de janeiro, após o ‘Critics Choice Awards’, Vera Fischer fez outra publicação no Instagram falando sobre mais esta premiação. Desta vez, no texto, ela cita os atores e atrizes vencedores e critica alguns discursos feitos pelos artistas.

É claro que também não poderia faltar uma foto dela mesma para ilustrar a postagem! Veja:

View this post on Instagram

O "Critics Choice Awards" normalmente é um prêmio meio chatinho de assistir, porque nem todos os famosos comparecem, mas é claro que tem a sua importância. Joaquin Phoenix e Reneé Zellweger (melhor ator, melhor atriz) por "Coringa" e por "Judy", estavam lá, e fizeram discursos muito mornos. Agora, foi ótimo "Fleabag", a sensacional comédia, levar tudo, como sempre, mesmo tendo só duas temporadas e "Olhos que Condenam", seriado dramático, ganhar alguns prêmios, porque é maravilhoso. Um dos melhores momentos da noite foi a homenagem à Eddie Murphy, que foi aplaudido de pé. Fez um discurso divertido, dizendo que, em seus 40 anos de profissão já fez de tudo – mulheres, crianças, animais, espaçonaves (o que não deu muito certo). Quando lhe pedem um conselho, ele diz: "Nunca faça uma espaçonave". Meu nome é Dolomite" também ganhou o prêmio de melhor filme de comédia, e "Parasita", melhor filme estrangeiro. Os críticos votam em melhor elenco, e, fiquei feliz, porque votaram no elenco de "O Irlandês". Aí, o timaço de Scorsese subiu ao palco, e, Al Pacino agradeceu à tudo e à todos. Eu soube então, que este filme tirou Joe Pesce da aposentadoria. Muito bom! Já o prêmio de melhor direção empatou: Sam Mendes (1917) que não estava presente, e Bong Joo Ho (Parasita) que subiu ao palco e fez um discurso em coreano, sem legendas. Ele agradeceu ao seu elenco, aos seus produtores, aos críticos e disse que ia terminar de comer o seu hambúrguer vegano. A festa chegou ao final com o filme vencedor, "Era uma vez em Hollywood", e Quentin Tarantino festejou, botando toda família sobre o palco. Achei bonito! "Era uma vez"… é uma homenagem. E Tarantino merece. Valeu Hollywood!

A post shared by Vera Fischer (@verafischeroficial) on

Confira algumas reações de usuários no Twitter:

Vera Fischer responde internauta que achou que ela estava morta: ‘viva e linda’

Comente com o Facebook
manu gavassi

Manu Gavassi vira meme na internet ao entrar no ‘BBB 20’