in ,

Walcyr Carrasco rebate Taís Araujo sobre suposta e polêmica cena de sexo anal

Atriz conta que foi criticada pelo autor ao se negar a protagonizar a tal cena na novela ‘Xica da Silva’, em 1996

Fotos: Reprodução/Instagram

A atriz Taís Araujo fez uma revelação polêmica, recentemente, durante o programa ‘Roda Viva’, na TV Cultura. Ela foi rebatida posteriormente pelo autor de novelas Walcyr Carrasco – já conhecido por criar confusão com as protagonistas de suas tramas.

  • 3 LIVROS POR R$ 50!!! Inclusive quadrinhos em oferta, com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Só vale até o dia 26/11! Clique aqui.

Na ocasião, durante uma conversa com Zezé Motta, Taís lembrou de uma situação difícil vivenciada em 1996, quando ela tinha apenas 17 anos e interpretou uma escrava que virou rainha no século 18 no Brasil, em ‘Xica da Silva‘, da TV Globo.

Veja também:
Walcyr Carrasco, que é padrinho de casamento, detona Camila Queiroz após demissão

Na trama, Xica conquistou João Fernandes, o homem mais rico e poderoso da época, e escandalizou a sociedade ao deixar de ser escrava.

A mulher de Lázaro Ramos contou que, na ocasião, ela se negou a gravar uma cena de sexo anal, pois queria defender a personagem pela inteligência e não pelo erotismo.

Segundo Taís, ela foi criticada por Walcyr Carrasco, autor da novela, e também pelo diretor Walter Avancini em entrevistas dadas após o episódio.

Duras declarações de Walter Avancini

De acordo com Taís, o autor da novela chegou a dizer, em entrevista, que a personagem seria retratada comoMaria Chiquinha caso a cena de sexo anal não fosse feita. Essa entrevista foi publicada no caderno Ilustrada da ‘Folha de S. Paulo’ no dia 26 de maio de 1997.

O diretor Walter Avancini criticou a postura da atriz na época, ao negar gravar a cena de sexo anal com o contratador João Fernandes (interpretado pelo ator Victor Wagner).

Xica da Silva - Taís Araujo
Foto: Divulgação

“Ela fez exatamente o que eu não queria. Se negou a fazer uma Xica da Silva sensual porque queria se mostrar para a Globo. Preferiu ser uma ‘Maria Chiquinha’ a ser uma Xica da Silva, feminista e revolucionária”, disse o diretor, na época.

“Ela tem talento, mas na Globo vai ser coadjuvante“, continuou, na entrevista que – claramente – não envelheceu bem. Após ser a primeira protagonista negra da história da televisão brasileira, Taís Araújo despontou como uma das atrizes mais importantes do país, posto que ocupa até os dias de hoje.

Veja também:
Camila Queiroz aparece aos prantos após polêmica com Globo e Walcyr Carrasco

Já Carrasco explicou, também na entrevista à ‘Folha’, que na cena em questão o contratador pedia à Xica da Silva uma prova de amor e ela seria feita na cena que Taís rejeitou fazer.

“O contratador a abraçava por trás e beijava seu pescoço. Deixava claro que haveria uma relação anal, mas ela não ficava de joelhos”, disse Walcyr na época.

Ele afirmou, ainda, que seria ingênuo pensar que uma mulher negra, no garimpo, atraísse o homem mais rico do momentosem passar pela cama.

Walcyr Carrasco rebate Taís Araujo

Com a repercussão gerada na internet após a declaração de Taís Araujo, Walcyr Carrasco falou sobre o assunto em entrevista ao site ‘Na Telinha’.

O autor de novelas rebateu a declaração de Taís e negou que tenha escrito a cena do tal sexo anal, mas simplesmente se esqueceu da entrevista concedida há tantos anos.

“Juro que não me lembrava dessa entrevista. Mas ela aceitou o papel, convidada por Walter Avancini, onde sabia das cenas sensuais e concordou com isso. Então, não vejo sentido no que ela está dizendo”, disse o polêmico autor.

Veja também:
Marina Ruy Barbosa e Walcyr Carrasco quebram silêncio sobre polêmica do cabelo

“Mas eu não estava no set de gravação, não posso opinar sobre pressões que ela alega ter sofrido ou não. Como disse, escrevi a novela com pseudônimo e não estava presente nas gravações”, completou.

“Não tinha nenhum contato com os atores, eles nem mesmo sabiam meu nome. Só no final da novela os conheci em uma única passagem pelo estúdio. Nunca soube sequer dessa cena. Eu só escrevia. Mas acho que essa cena nunca existiu, eu certamente não escrevi”, disse Walcyr.

“Mas não sei exatamente o sentimento da Taís, e lamento muito se ela ficou com uma cicatriz. Dor é dor. Não devo criticar mas acolher a dor alheia“, afirmou o autor, que concluiu dizendo: “Para encerrar, Xica é maior que tudo isso, e não merece esse debate em torno de sexo”.

  • 3 LIVROS POR R$ 50!!! Inclusive quadrinhos em oferta, com descontos imperdíveis e opção de frete grátis. Só vale até o dia 26/11! Clique aqui.

TV Globo choca ao demitir Camila Queiroz na metade de ‘Verdades Secretas 2’

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Thiago Salvático-Gugu

2 anos sem Gugu: suposto namorado posta foto inédita em viagem com ele

Calçada Joinville - SC

Calçada cede e 33 pessoas despencam em cratera aberta durante evento público