in , ,

‘A verdade aparece cedo ou tarde’, diz Neymar após mais de 3 horas de depoimento

Atleta disse que usou preservativo com Najila Trindade, que o acusa de estupro, e alega que foi a modelo quem o agrediu

Após um depoimento de mais três horas de duração sobre a acusação de estupro da modelo Najila Trindade, o atacante Neymar afirmou que “está tranquilo” e que acredita que a verdade vai aparecer no caso.

“Agradeço o carinho de todos. Estou tranquilo e agradeço as mensagens que recebi até agora. A verdade aparece cedo ou tarde”, disse o atacante em um breve depoimento à imprensa, na saída da na 6.ª Delegacia de Defesa da Mulher, no bairro de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo.

Foi a primeira vez que o jogador deu uma declaração sobre o caso Antes, Neymar havia apenas se manifestado através de vídeo em seu Instagram com a divulgação de conversas e imagens de Najila

O atacante negou o estupro e agressão contra a modelo Najila Trindade, em um hotel de Paris, na França, no último dia 15. A afirmação foi feita pelo promotora Flavia Merlini, uma das três especialistas designadas pelo Ministério Público para acompanhar as investigações.

“Ele respondeu a todos os esclarecimentos. A partir de agora, a doutora Juliana (Bussacos), vai tomar outras diligências necessárias até a conclusão do inquérito. Como o inquérito é sigiloso, não podemos divulgar quais serão as outras diligências Ele respondeu todas as perguntas de maneira satisfatórias. Ele negou o crime”, disse a promotora.

Além de Flávia Merlini, também acompanham o depoimento as promotoras Estefânia Paulin e Kátia Peixoto. Esse é o segundo depoimento de Neymar sobre o caso. O primeiro aconteceu no Rio de Janeiro, no último dia 6, quando o atleta falou na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática por causa do vazamento de imagens íntimas da modelo.

Veja também:
Internautas flagram mais um erro de continuidade em 'A Dona do Pedaço'

Preservativo

Neymar afirmou que usou preservativo no encontro com Najila Trindade, de acordo com o ‘Jornal Nacional’, da Rede Globo. A declaração contraria a informação da modelo, que afirma que a falta de camisinha foi o ponto central da discussão entre os dois e que teria originado o estupro alegado por ela.

O jogador afirmou que jogou a camisinha no vaso sanitário e usou proteção para não se expor, pois era um atleta. De acordo com Najila, o suposto crime começou no momento em que ela fala que não tem camisinha e Neymar continua o ato sexual sem preservativo.

Neymar confirmou que havia bebido no dia do primeiro encontro, mas, segundo ele, foi apenas uma dose. No segundo encontro, ele disse que pretendia levar Najila a uma balada, mas ela começou a agredi-lo e ele foi embora. Durante o encontro, Neymar estranhou o fato de a modelo dizer que o amava e queria se casar com ele. “Como ela pode me amar se nem me conhecia direito?”, chegou a comentar o atacante para as delegadas da 6.ª Delegacia de Defesa da Mulher.

Após o depoimento, que durou cerca de 3h30, Neymar se emocionou sobre a acusação de estupro e relatou se drama pessoal. O atacante do Paris Saint-Germain afirmou que esse é o pior acontecimento de sua vida e chegou a afirmar que nenhuma lesão se compara ao momento que vem vivendo desde 31 de maio, quando a modelo registrou Boletim de Ocorrência por estupro. Neymar foi cortado da Copa América, que começa nesta sexta-feira, por ruptura do ligamento tornozelo direito. Por isso, ele chegou à delegacia com o auxílio de muletas.

Veja também:
Após pedir demissão, bancário aparece vestido de Homem-Aranha em último dia

Neymar confessou ainda que o escândalo afetou a vida de seu filho, Davi Lucca, tem faltado à escola, pois tem sido vítima de bullying. Ele contou que os amigos dizem que ele é filho de um estuprador.

Copa América: bar promete bebidas grátis toda vez que nome de Neymar for citado

Comente com o Facebook
sósia (je)

‘Sósia’ do suspeito de assassinar Rafael Miguel recebe ameaças de morte

feedclub bolsonaro maria do rosario

Bolsonaro pede desculpas a Maria do Rosário após determinação judicial