in , ,

Empresário Lírio Parisotto é condenado por agressão a Luiza Brunet

Defesa do empresário informou que vai recorrer da decisão, da Justiça de São Paulo

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou nesta segunda-feira, 5, o empresário Lírio Parisotto a 1 ano de detenção em regime aberto, por agredir a modelo e sua ex-namorada Luiza Brunet em maio de 2016.

A decisão é da juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcanti, da Vara Central de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. A Justiça também determinou que Parisotto deve ficar sob vigilância pelo prazo de dois anos, além de prestar serviço à comunidade por 12 meses.

O advogado de Luiza informou que a atriz está “feliz” com a decisão. Já a defesa do empresário informou que vai recorrer. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”.

Em maio de 2016, Luiza Brunet revelou, em entrevista ao jornal “O Globo”, que havia sido espancada por Lírio Parisotto em Nova York. Ela, que estava no local devido a uma premiação, teve que voltar às escondidas graças à agressão, iniciada por um momento de exaltação do ex-namorado.

Ela contou que Lírio se irritou após ter sido questionado se iria a uma exposição de fotos. Exaltado, ele disse que não iria, porque foi confundido com o ex-marido de Luiza na ocasião. A modelo afirmou, ainda, que o empresário a acertou com um soco no olho e com chutes. Além das marcas no rosto, Luiza teve quatro costelas quebradas.

Comente com o Facebook
Foto: Elza Fiuza / Agência Brasil

Marina Silva é internada com fortes dores abdominais

supla ana maria braga

Supla começa “Mais Você” no lugar de Ana Maria Braga e web vai à loucura