in , ,

Felipe Neto relata ameaças após intervenção na Bienal: ‘tirei minha mãe do Brasil’

Youtuber diz estar sendo alvo de todo tipo de ameaça após doar 14 mil livros com temática LGBTQ na Bienal do Rio em protesto

Foto: Reprodução/Youtube

Felipe Neto anunciou, na madrugada de segunda-feira (16), que cancelou sua palestra no evento ‘Educação 360’, que está marcado para esta terça-feira (17), devido a ameaças que tem recebido desde que interveio na tentativa de censura literária na Bienal do Rio. Na ocasião, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, ordenou que fossem recolhidas cópias da HQ ‘Vingadores: A Cruzada das Crianças’ por mostrar dois personagens homens se beijando.

Em comunicado divulgado à imprensa por meio da assessoria de imprensa, Felipe Neto afirmou que as ameaças de todo tipo “atentam contra a sua vida e de sua família”.

O youtuber lamentou não poder participar do evento e acrescentou considerar estarrecedor que “um indivíduo seja impossibilitado de se manifestar e lutar contra qualquer tipo de censura e opressão sem ser ameaçado”.

Veja também:
Felipe Neto alfineta Carlinhos Maia por fala polêmica sobre suicidas

“Quero dizer que continuarei lutando, enfrentando o obscurantismo e a opressão, por todos os meios que me cabem, pela defesa do amor e da união até o fim, até onde for possível e até onde minhas forças e meu coração aguentarem”, concluiu.

O influenciador digital ainda usou sua conta no Twitter para se manifestar sobre o assunto. Ele disse já estar se preparando para levar o caso à polícia e que, por enquanto, optou por tirar a mãe do país para protegê-la.

“Infelizmente a notícia é real. As ameaças se intensificaram e estamos montando um documento para dar entrada na polícia. Já tirei minha mãe do Brasil e estou vivendo com o mínimo possível de exposição”, escreveu Felipe Neto. “Manterei vocês sempre informados”, completou.

Leia na íntegra a nota divulgada pela assessoria de imprensa de Felipe Neto:

Felipe Neto, por meio de sua assessoria de imprensa, comunica que não participará do evento Educação 360, a ser realizado no próximo dia 17 de setembro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.

O influenciador digital, escritor e empresário cancelou a sua palestra “Educação e a Criatividade” devido a ameaças que atentam contra a sua vida e de sua família.

Desde a ação que promoveu contra a censura, a opressão e o preconceito na Bienal do Livro – onde comprou e distribuiu gratuitamente 14 mil exemplares com a temática LGBTQ – em um movimento em prol da liberdade de expressão, do amor, da inclusão e da diversidade, Felipe Neto vem recebendo todo tipo de ameaças.

Diante do atual cenário e do risco iminente, que inclusive atinge aos seus familiares, o influenciador encontrou-se sem outra alternativa a não ser cancelar a sua participação.

“Lamento profundamente a minha ausência no evento, minhas sinceras desculpas a organização, que me convidou, e a todos que aguardavam pela minha participação e pela minha palestra.

É estarrecedor que no Brasil, em 2019, um indivíduo seja impossibilitado de se manifestar e lutar contra qualquer tipo de censura e opressão sem ser ameaçado.

Quero dizer que continuarei lutando, enfrentando o obscurantismo e a opressão, por todos os meios que me cabem, pela defesa do amor e da união até o fim, até onde for possível e até onde minhas forças e meu coração aguentarem”.

Comente com o Facebook
golpe-brasileirinhas-je-1

Golpista finge ser produtor da Brasileirinhas para transar com jovens atrizes

Foto: Karine Basílio/Divulgação/Revista Glamour

Débora Nascimento posta foto com nudez, recebe críticas e faz revelação