in , , ,

Frango vegano? Influenciadora mostra receita controversa, é criticada e explica

Influenciadora foi alvo de críticas após publicar foto de prato finalizado e viralizou, mas de um jeito negativo; ela esclareceu polêmica

Fotos: Reprodução/Instagram

A influenciadora Jaquelini Cornachioni viralizou nas redes sociais na segunda-feira (9) após publicar a imagem um prato que gerou controvérsia entre internautas: o frango vegano.

Tudo começou quando a jovem de São Paulo usou o Instagram Stories para compartilhar uma imagem do prato finalizado.

Além das ervilhas, cenouras e cebola, a refeição levava um ingrediente que aparentava ser carne branca, mais especificamente frango – o que fez  internautas acreditarem que o prato poderia ser tudo, menos parte de uma dieta vegana – que consiste em não consumir alimentos de origem animal.

Veja algumas reações:

As críticas, no entanto, eram infundadas e fruto de desconhecimento por parte dos próprios internautas, conforme explicou a influenciadora após ver a imagem virar meme e repercutir negativamente nas redes sociais.

Em sequência de Stories no Instagram, Jaquelini Cornachioni explicou que a refeição era, sim, vegana. Isso porque nenhum dos ingredientes do prato levavam carne ou qualquer outro produto de origem animal.

Ela explica: “O ‘frango’ era à base de ervilha, pra quem acha que era frango mesmo”, publicou na rede social.

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Em um textão, a influenciadora disse acreditar que, por acompanhar páginas sobre vegetarianismo e veganismo, não achou que as pessoas não entenderiam do que se tratava.

“Vários canais de YouTube veganos e vegetarianos postam exatamente dessa forma. Então para mim, sempre foi normal”, explicou ela, que agora tem quase 34 mil seguidores no Instagram.

Na sequência, ela pediu desculpas a quem possa ter se ofendido e disse que a publicação foi tirada do contexto, o que não permitiu entender que não havia frango envolvido na receita vegana.

Veja também:
Felipe Neto diz que teve prejuízo de R$ 470 mil por ter virado vegetariano

“Como eu disse, não me importo em ser piada, ou ‘chacota’, como a galera gosta de falar”, escreveu. “Mas me importo quando os xingamentos passam dos limites, e estavam passando. Quem divulgou o post foi um fake, que distorceu real o que eu quis passar”, completou.

Por fim, Jaquelini Cornachioni criticou quem fala de Setembro Amarelo, a campanha de conscientização e prevenção ao suicídio, mas faz críticas pesadas a uma pessoa desconhecida e sem saber do contexto antes de acusar.

“Não me venham falar disso se vocês não perdem a oportunidade de fazer algo assim sem ao menos perguntar”, pediu ela. “Então a quem me acompanha, eu peço real desculpas por algo que possa ter incomodado. Um beijo!”, concluiu.

Veja o texto na íntegra:

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Comente com o Facebook
Fotos: Reprodução/TV Globo e Reprodução/Instagram

Ana Maria, Juliana Paes, Evaristo Costa e mais desativam Instagram em campanha

Fotos: Reprodução/Twitter

Internauta descobre truque inusitado para não receber áudio no WhatsApp