in ,

Ana Maria, Juliana Paes, Evaristo Costa e mais desativam Instagram em campanha

Celebridades saíram de rede social para dar visibilidade ao Setembro Amarelo, ação de prevenção ao suicídio

Fotos: Reprodução/TV Globo e Reprodução/Instagram

Várias celebridades, incluindo Ana Maria Braga, Juliana Paes e Evaristo Costa, desativaram suas contas no Instagram na tarde de segunda-feira (9) e intrigaram os fãs. O motivo, contudo, foi revelado: tratava-se de uma ação para o Setembro Amarelo, que preza pela conscientização e prevenção do suicídio.

Além dos já citados, também ficaram indisponíveis na rede social os perfis do apresentador e ator Fabio Porchat, da cantora Alinne Rosa, da modelo Caroline Trentini, da atriz Leticia Sabatella, do youtuber PC Siqueira, da funkeira Jojo Todynho, da apresentadora Penélope Nova e da ex-BBB Gleici Damasceno, entre mais famosos.

Veja também:
Esses famosos lideram a lista de perfis com mais seguidores falsos no Instagram

Conforme estão retornando à rede social, os famosos estão fazendo posts com a hashtag #ComoVaiVocê, com o objetivo de incentivar o diálogo com o Centro de Valorização da Vida (CVV). A iniciativa é voluntária e não rendeu nenhum tipo de cachê aos participantes.

Alguns já voltaram para a rede social e publicaram posts relacionados à campanha. Evaristo Costa foi um deles. “#ComoVaiVocê! No Brasil, uma pessoa tira a própria vida a cada 45 minutos. Se você tá se sentindo meio deprê, pra baixo, ou conhece alguém que esteja assim, acesse o @cvvoficial. É possível mudar isso! Como? Falando sobre o assunto! O suicídio não é a solução. #setembroamarelo🎗”, postou o jornalista.

Ana Maria Braga também havia deixado a conta fora do ar ao longo da segunda-feira (9), mas retornou nesta terça-feira (10) e deixou uma mensagem aos fãs. “Bom dia! Sim, eu desativei o Instagram ontem para chamar a atenção para um problema que muitas vezes temos medo de falar: Suicídio!”, explicou a apresentadora do ‘Mais Você’.

“A ação foi sugerida pelo @CVVoficial, Centro de Valorização da Vida, a maior ONG que trabalha na prevenção do suicídio e ajuda a salvar vidas no Brasil inteiro. Ele precisa da sua ajuda para continuar com esse trabalho cada vez mais importante na nossa sociedade, eles precisam de todas as doações possíveis. O suicídio não é a solução. Vamos conversar? #ComoVaiVocê”, acrescentou.

Letícia Sabatella ativou a conta novamente nesta terça-feira (10) e também postou sobre a campanha: “Oi, meus amigos, foi estranho sumir este perfil no dia de ontem, muitos perguntaram o que teria acontecido. Na verdade, foi uma ação movida pela ONG #cvv para chamar a atenção para o fato de que no nosso país tem aumentado o número de suicídios, principalmente entre jovens”.

Ela completou: “As causas de suicídio podem ser depressão, relações abusivas, ausência de perspectivas ideais. Por isso #CVV (Como Vai Você?), criou este mês de setembro, esta ação de conscientização sobre cuidados de atendimento a quem precisa sim, de muita atenção . É uma ONG sem fins lucrativos , que atende, através do número 188, pessoas que necessitem de apoio emocional. Voluntários doam seu tempo para conversar, sem julgamentos, para ajudar quem se encontra em estado de desesperança. Procure se informar”.

View this post on Instagram

Oi, meus amigos, foi estranho sumir este perfil no dia de ontem, muitos perguntaram o que teria acontecido. Na verdade, foi uma ação movida pela ONG #cvv para chamar a atenção para o fato de que no nosso país tem aumentado o número de suicídios, principalmente entre jovens . As causas de suicídio podem ser depressão, relações abusivas, ausência de perspectivas ideais. Por isso #CVV ( Como Vai Você?), criou este mês de setembro , esta ação de conscientização sobre cuidados de atendimento a quem precisa sim, de muita atenção . É uma ONG sem fins lucrativos , que atende, através do número 188, pessoas que necessitem de apoio emocional. Voluntários doam seu tempo para conversar, sem julgamentos, para ajudar quem se encontra em estado de desesperança. Procure se informar. Coloquei alguns dados no Story. Aceita-se voluntários também. Vamos seguir de mãos dadas. ❤️🌺🐝

A post shared by LetIcia_Sabatella (@leticia_sabatella) on

Dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), na segunda-feira (9), apontaram que 800 mil pessoas tiram a própria vida por ano em todo o mundo.

Onde encontrar ajuda emocional

O próprio Centro de Valorização da Vida (CVV) é um aliado importante para quem está precisando de apoio emocional. É possível pedir ajuda e conversar por diversos canais – no chat disponível no site da instituição, Skype, e-mail ou o telefone 188. O atendimento é 24h e o sigilo da conversa é 100% garantido.

Veja o post do CCV sobre a campanha do Setembro Amarelo:

View this post on Instagram

A cada 45 minutos um brasileiro tira a própria vida. Esse número já deveria ser suficiente para estimular as pessoas a se mobilizarem pela prevenção dessas mortes precoces, mas apesar dos avanços, os tabus, preconceitos e vergonhas ainda são adversários nessa luta. A morte em si já é um tabu. Morte por suicídio é ainda mais complicado, pois toca em questões de escolhas, crenças e barreiras sociais. Durante todo o mês de setembro diversas ações serão vistas em todo o Brasil, em um movimento chamado de Setembro Amarelo, para despertar a atenção da população para esse problema. O suicídio é um assunto complexo, pois ninguém se mata por um único motivo, mas a prevenção é possível e algumas ações podem ser feitas por todas as pessoas. Permitir que as pessoas desabafem e falem sobre seus sentimentos sem receber críticas é um meio de evitar que se busque na morte a solução para suas dores. Em junho deste ano o CVV lançou séries de vídeos para se prevenir o suicídio entre jovens e adolescentes, faixa etária em que mais cresceram os índices de suicídio no país. É uma iniciativa para permitir que toda a população se engage na causa e possa se capacitar para identificar sinais, pedir e oferecer ajuda. Os vídeos estão disponíveis no YouTube e para download no site do CVV. Neste ano, diversos fatores levam a crer que o movimento Setembro Amarelo terá alcance recorde. As ações serão compartilhadas nas mídias sociais do movimento (Facebook e Instagram) identificados como @setembroamarelo. Fotos e vídeos de iniciativas por todo o país podem ser enviadas para esses canais para estimularem mais pessoas a aderirem na causa. . #setembroamarelo #suicidio #depressao #ansiedade #cvv188

A post shared by CVV (@cvvoficial) on

Comente com o Facebook
fátima bernardes

Fátima Bernardes quebra silêncio sobre atual relação com William Bonner

Fotos: Reprodução/Instagram

Frango vegano? Influenciadora mostra receita controversa, é criticada e explica