in ,

Após 5 anos, garoto brasileiro desaparecido na Argentina se apresenta à polícia

Carlos Boudoux sumiu após visitar pai no país vizinho e mãe teve de entrar na Justiça local

A fisioterapeuta Cláudia Boudoux, de 44 anos, ficou anos sem descobrir o paradeiro do filho, Carlos, que desapareceu na Argentina após visitar o pai. A angústia da pernambucana se transformou em alívio após o próprio garoto ter se apresentado às autoridades argentinas há alguns dias.

Carlos Boudoux, também chamado de Carlinhos, viajou para a Argentina em 2015, época em que tinha 9 anos, para passar as festas de fim de ano com o pai e deveria ter retornado ao Brasil no início de 2016. No entanto, apenas sua irmã, que viajou junto com ele, voltou para o país.

Cláudia afirma que o filho foi alienado pelo pai a permanecer na Argentina e foi orientada a entrar na Justiça do país vizinho para reaver a guarda de Carlos.

A situação ficou mais angustiante para a fisioterapeuta quando Carlos despareceu em fevereiro de 2019, dias antes de retornar ao Brasil por determinação judicial. Desde então, seu nome passou a constatar na lista de desaparecidos da Argentina.

Mesmo após a prisão do pai de Carlinhos, que aconteceu em 2020, o garoto continuou desaparecido. No entanto, o caso ganhou outros contornos no dia 18 de janeiro: o próprio Carlos, agora com 13 anos, foi até uma delegacia de Buenos Aires e se apresentou às autoridades locais.

Para o G1, Cláudia disse que o filho foi encaminhado para um abrigo e não sabe com quem ou onde Carlinhos ficou entre a prisão do pai e o dia em que se apresentou à polícia.

“Ele chegou na delegacia, apresentou a carteira de identidade dele e disse que não teve nenhum tipo de contato com o pai ou comigo nesses dois anos. Hoje, está em um abrigo esperando. Não sei quem estava com ele, com quem ele estava”, afirmou.

Veja também:
Reginaldo Faria é afastado de novela e acusado de ter se negado a tomar vacina

A pernambucana deve embarcar para a Argentina apenas no próximo domingo (31), quando termina o decreto que restringe o acesso ao país, consequência da pandemia da Covid-19.

Quando desembarcar no país, Cláudia ainda precisará de uma autorização da Justiça argentina para levar o filho de volta ao Brasil. Ao menos, a fisioterapeuta revelou seu alívio em ter notícias de Carlinhos.

“Meu filho é quase um jovem, um adolescente e perdeu tanto tempo. Mas eu estou muito feliz em ter notícias dele”, afirmou.

Comente com o Facebook
faustão

Internações sucessivas e anúncio de saída da Globo: Faustão está mal de saúde?

xuxa e faustão

Globo sem Faustão? Confira tudo que rolou na estreia do ‘Domingão’, há 32 anos