in ,

Irmã de Rafael Miguel não tem contato com ex-cunhada: ‘por segurança’

Camila Miguel deu entrevista após prisão de Paulo Cupertino, homem que matou os pais e irmão dela

Fotos: Reprodução/GloboPlay

A prisão de Paulo Cupertino Matias, na última segunda-feira (16), foi um alívio para muita gente que esperava há quase 3 anos para que a justiça fosse feita no caso Rafael Miguel.

  • “Alexa, toca minhas músicas”. Frete grátis na 3ª geração do Echo Dot, o aparelhinho da Amazon que todo mundo quer ter em casa – perfeito para qualquer ambiente! Acesse, confira e compre clicando aqui.

Em 9 de junho de 2019, o empresário atirou 13 vezes contra o ator, conhecido por seu papel na novela ‘Chiquititas’, e os pais dele, João Alcisio e Miriam Selma.

O crime foi motivado pelo fato de Paulo Cupertino ser contra o relacionamento da filha – Isabela Tibcherani, de 18 anos na época – com o ator.

Veja também:
Irmão de Paulo Cupertino fala sobre crime contra Rafael Miguel: 'morreu tarde demais'

Nesta terça-feira (17), a irmã de Rafael Miguel – Camila Migueldesabafou sobre a prisão de Paulo Cupertino, responsável por destruir a família dela, em entrevista ao programa ‘Encontro com Fátima Bernardes’, da TV Globo.

“Eu confesso, por mais que não seja o que as pessoas esperam [ouvir] nesse momento, que não senti muita coisa. Eu ainda não consegui processar tudo, nós estamos a família inteira num sentimento de que algo possa acontecer agora, que a justiça possa ser feita, por mais que ainda não tenhamos um desfecho”, afirmou Camila Miguel.

A jovem relatou que não estava esperando pela prisão. Afinal, depois do crime Paulo Cupertino fugiu e teve o nome incluído até na Difusão Vermelha da Interpol, como um dos mais procurados. 

Quase três anos se passaram e nada de a polícia encontrar o assassino de Rafael Miguel e seus pais. De repente, a tão aguardada prisão acontece nesta segunda-feira (16) em São Paulo.

Foi um baque, de repente. Toda a frustração desses anos esperando, sem ter notícia, do que estava acontecendo e sendo feito. A gente acaba armando uma defesa pra não esperar por isso e não se frustrar ainda mais”, disse a irmã de Rafael Miguel durante o ‘Encontro’.

Sobre a relação com a família da então namorada de Rafael Miguel, Isabela Tibcherani, Camila disse que o irmão falava que não era fácil de lidar com o sogro, mas ninguém imaginava que ele tomaria uma atitude dessas…

“Não era uma coisa alarmante, que a gente imaginava que acabaria dessa forma, mas eventualmente haviam conversas em que ele [Rafael] expunha como ele [Cupertino] era agressivo, que dava medo, que era um pouco difícil de lidar, inclusive ele queria se mudar na época e tinha medo de se mudar com ela [Isabela]”, disse Camila.

Veja também:
Ao vivo, repórter da Band discute com Paulo Cupertino na delegacia: 'dando risada'

Veja uma foto da família de Rafael Miguel:

Família Rafael Miguel
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A irmã do ator revelou que nunca teve muito contato com a família da ex-cunhada, Isabela Tibcherani. 

“Minha mãe chegou a mandar mensagem [para Paulo Cupertino]. Eu lembro que ela falou ‘somos uma família boa, a gente tá aqui pra ajudar, tá aqui pra acolher, conhecendo a gente você pode ficar mais tranquilo’. Ela não teve resposta por muitos meses, mas essa [ocasião do assassinato] foi a tentativa presencial que eles tiveram de tentar conversar“, contou a irmã de Rafael Miguel.

Desde a noite trágica de 9 de junho de 2019, quando Rafael Miguel e os pais foram assassinados por Paulo Cupertino, Camila nunca mais falou com Isabela.

“Já não tinha muito contato antes, era muito pequeno. Depois disso não tivemos mais contato não, até por uma decisão de segurança“, disse Camila Miguel.

Agora, Camila Miguel revelou que seu maior desejo é seguir em frente, sem permitir que a tragédia defina sua família. “A gente já teve a família destruída então a gente se esforça ao máximo dia após dia para seguir em frente e reconquistar nossa paz, nossa segurança e nossa felicidade”, afirmou.

Ainda durante o programa de terça-feira (17), Fátima Bernardes se emocionou ao relembrar o dia em que conheceu Rafael Miguel, muitos anos atrás.

“Lembro dele bem pequeno visitando a redação do Jornal Nacional, num momento que ele estava gravando um especial pro SporTV, pro Dia das Crianças. É sempre muito duro“, disse a apresentadora.

Confira um trecho da entrevista com Camila Miguel:

  • “Alexa, toca minhas músicas”. Frete grátis na 3ª geração do Echo Dot, o aparelhinho da Amazon que todo mundo quer ter em casa – perfeito para qualquer ambiente! Acesse, confira e compre clicando aqui.

Irmão de Paulo Cupertino fala sobre crime contra Rafael Miguel: ‘morreu tarde demais’

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Expedita filha - Maria Bonita e Lampião

Ainda viva, filha de Maria Bonita e Lampião processa motel por propaganda

Camila Loures - vídeo

Blogueira Camila Loures vira chacota após chilique com choro forçado