in ,

Jovem acusada de matar Isabele é liberada após apenas um dia de internação

Defesa da adolescente conseguiu um habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso

A adolescente acusada de ter matado Isabele Guimarães, de 14 anos, foi encaminhada para uma unidade socieducativa de Cuiabá, capital do Mato Grosso, na noite de terça-feira (15). No entanto, no dia seguinte, conseguiu um habeas corpus e pôde deixar o local.

Segundo o portal G1, a juíza Cristiane Padim, da 2ª Vara da Criança e da Juventude de Mato Grosso, determinou a apreensão da jovem por 45 dias no Centro de Ressocialização Menina Moça, que fica dentro do Complexo Pomeri, e ficou isolada das demais internadas.

Veja também:
Caso Isabele: polícia conclui que amiga da vítima atirou intencionalmente

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) já havia solicitado a internação da adolescente por ato infracional análogo a homicídio qualificado, o já havia sido apontado pela Polícia Civil na conclusão do inquérito.

A defesa da adolescente, no entanto, conseguiu um habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT) afirmou, ainda na quarta-feira (16), que não havia sido notificada a respeito do habeas corpus concedido para a adolescente.

Relembre o caso

Em 12 de julho, Isabele Guimarães Ramos estava na casa de uma amiga, em um condomínio de luxo de Cuiabá, no Mato Grosso, quando levou um tiro na cabeça e faleceu.

Desde que o caso veio à tona, poucas respostas foram dadas. Inicialmente, a amiga de Isabele disse que o disparo foi acidental e ocorreu enquanto guardava a arma para o pai e negou que estivesse brincando com ela ou que quis mostrá-la para a adolescente. A versão foi defendida por Rodrigo Pouso, advogado da família.

O caso começou a ganhar outros contornos quando o laudo da perícia afirmou, quase um mês após a morte de Isabele, que o disparo só poderia ter ser realizado com o gatilho puxado e que a arma em questão não poderia produzir um tiro acidental. Essas informações foram divulgadas pelo portal G1.

Há alguns dias, a Polícia Civil de Mato Grosso concluiu o inquérito e disse que a adolescente atirou intencionalmente em Isabele. Ela teria carregado a arma, a apontado para amiga e a disparado a uma distância entre 20 cm e 30 cm da vítima.

Comente com o Facebook
Chá revelação

Pai se confunde e acerta as próprias partes íntimas durante chá-revelação

lucas lucco

Após aborto espontâneo, Lucas Lucco e Lorena Carvalho anunciam nova gravidez