in , ,

Judoca esquece celular no quimono, que cai em luta do Grand Slam; assista

Anri Egutidze foi eliminado da competição por descumprir as regras, por exemplo, a do telefone no bolso

Não foi só o ouro dos brasileiros Felipe Kitadai e Rafaela Silva que marcaram o primeiro dia do Grand Slam de Baku. Uma outra cena correu o mundo: Anri Egutidze, de 23 anos, foi desclassificado com 13 segundos de luta. O motivo? Um celular.

O judoca português enfrentava o sueco Robin Pacek em sua estreia na competição quando um celular caiu do seu bolso e o combate foi suspenso. O regulamento não permite que os atletas entrem no tatame com qualquer objeto externo, então Egutidze foi punido com hansoku make e, portanto, eliminado.

Ao ver o aparelho no tatame, o judoca sueco pega o telefone, mostra para ao árbitro e entrega ao rival. O português ainda joga o celular longe, mas logo percebe que vai ser punido e coloca as mãos no rosto, lamentando o ocorrido. Assista a cena abaixo.

O Grand Slam de Baku prossegue até domingo, sendo a última competição que dará pontos para definir os classificados para o Mundial de Judô.

Assista:

Repórter é demitido após xingar Ana Thaís Matos, mas nega autoria do post

Comente com o Facebook
damares

Em novo vídeo polêmico, ministra Damares afirma que princesa Elsa é lésbica

Prince Harry Marries Ms. Meghan Markle - Windsor Castle

BBC demite apresentador por tuíte racista sobre filho de Harry e Meghan