in ,

Para tentar anular casamento com Arthur Aguiar, Mayra Cardi corre risco de ser presa

Influenciadora pede para que a Justiça valide seu primeiro casamento, que ainda é válido nos EUA

A separação de Mayra Cardi e Arthur Aguiar ganhou um novo capítulo com contornos de novela: ela quer anular o matrimônio após ter se lembrado que já havia se casado com outro homem nos Estados Unidos. As informações são da colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’.

Mayra Cardi fez essa revelação no final de 2019. Ela afirmou que, em 2014, se casou nos Estados Unidos com o também brasileiro Greto Guarize. A influenciadora afirmou que havia se esquecido do matrimônio nos EUA quando se casou novamente no Brasil, agora com Arthur Aguiar.

Veja também:
Andressa Suita pode se beneficiar de súmula do STF para partilha de bens com Gusttavo Lima

A influenciadora entrou com processo na Justiça paulista em setembro. Mayra Cardi pede para que o casamento com Greto Guarize seja validado no Brasil, e em sequência, pede a anulação do matrimônio com Arthur Aguiar.

Se a Justiça autorizar a validação do primeiro casamento, o segundo teria de ser automaticamente anulado, pois seria configurado o crime de bigamia.

No entanto, Mayra Cardi ainda pode responder pelo crime de falsidade ideológica caso tenha se declarado solteira quando se casou com Arthur Aguiar, já que era legalmente casada nos EUA.

A bigamia, de acordo com o Código Penal Brasileiro, pode ser punida com 2 a 6 anos de reclusão. A pena para falsidade ideológica, por sua vez, varia entre 1 a 5 anos de cadeia.

De acordo com a coluna de Fábia Oliveira, especula-se que Mayra Cardi só correu atrás da validação do primeiro casamento agora para evitar a partilha de bens com Arthur Aguiar, já que eles se casaram sob regime de Comunhão Parcial.

Mayra Cardi se manifesta sobre o assunto

A própria Mayra Cardi foi até as redes sociais para explicar a situação inusitada. Ela afirmou que também se casou com Greto Guarize no Brasil, mas que durante o processo de separação, se esqueceram que também haviam se casado nos EUA.

“Não é novidade para ninguém, porque eu mesma que contei, de eu ser casada com o Greto, meu ex-marido, nos Estados Unidos. Nós moramos nos Estados Unidos. Na época, eu tinha o documento americano para poder trabalhar e viver lá. Casamos no Brasil e também nos Estados Unidos, para que ele pudesse morar lá, e meu documento passar para ele”, disse.

“Quando nos separamos, foi do dia para noite, muito rápido. Somos muito amigos até hoje. Porém me esqueci completamente que ainda tinha um documento de que eu era casada nos Estados Unidos, por conta dessa regularização. O Arthur sempre soube, mas nós nos esquecemos”, completou.

Por conta disso, quando ela e Arthur pensaram em se mudar para os Estados Unidos, descobriram que não poderia se mudar como casal, já que o primeiro matrimônio da influenciadora ainda era válido no país.

“Estávamos nos processos de tirar os documentos para ir para lá (EUA) e descobrimos que íamos ter que ir separados, eu ia ter que tirar o meu documento separadamente porque não poderíamos ser uma família. Meu casamento com ele estava anulado, não valia, uma vez que meu casamento com o Greto ainda estava valendo lá. Nosso casamento não tinha validade nenhuma”, explicou.

Mayra Cardi sobre declarações recentes de Arthur Aguiar: ‘me casei com um gigolô’

Comente com o Facebook
andressa suita e gusttavo lima

Andressa Suita pode se beneficiar de súmula do STF para partilha de bens com Gusttavo Lima

Gusttavo Lima

Gusttavo Lima é acusado de copiar frases de site ao falar sobre separação