in ,

Sem perceber que está no ar, jornalista fuma ao vivo e internautas se divertem

Mônica Waldvogel não se atentou que o sinal da internet tinha voltado quando cometeu a gafe

Fotos: Reprodução/GloboNews

Uma situação inusitada aconteceu na última quarta-feira (29) durante transmissão ao vivo do ‘GloboNews em Pauta’. Sem perceber que estava no ar, a jornalista Mônica Waldvogel deu um trago em seu cigarro.

Apesar de rápido, os telespectadores mais atentos perceberam e se divertiram com o ocorrido nas redes sociais. O vídeo se espalhou rapidamente e levou Mônica a se explicar!

Na ocasião, o apresentador Marcelo Cosme chamou os correspondentes que participaram do telejornal para dar a última palavra antes do fim da edição. Diretamente de Buenos Aires, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Nova Iorque.

Veja também:
'21cm': com fotos íntimas, vaza perfil de jornalista da Globo em app de pegação

A câmera mostrava o telão com os cinco profissionais quando, discretamente, Mônica dá uma ‘tragadinha’ em seu cigarro. Poucos segundos depois a tela abriu exibindo a correspondente de Brasília, que deu continuidade à programação.

“Bem de boas, aqui de home office“, comentou um internauta. “A sua cara de sem graça em seguida foi TUDO!”, comentou mais uma.

“Mônica Waldvogel, ícone do telejornalismo, elogiou outra internauta. “Acontece, né?”, avaliou ainda outro rapaz.  

Após virar o assunto pela ‘bola fora’, Mônica resolveu se explicar. No Twitter, ela disse que segundos antes tinha ficado sem sinal e aproveitou para dar um trago no cigarro.

O sinal tinha caído, não percebi que voltou. Aiaiai”, disse a jornalista.

inverno

Jornalista fuma ao vivo

Confira o momento que causou tanta repercussão no vídeo abaixo:

Veja algumas reações de internautas no Twitter:

Datena revela que gasta R$ 2 mil por mês com remédios para tratar doença

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

nicole bahls

Após vídeos de traição, Nicole Bahls diz que fim do casamento foi ‘livramento de Deus’

mussum

27 anos sem Mussum: vida, obra e morte do humorista que marcou uma geração