in ,

Morre a atriz Djenane Machado, a eterna Bebel de ‘A Grande Família’

Após fazer sucesso em novelas e filmes, musa dos anos 1970 viveu reclusa pelas últimas 3 décadas

Fotos: Reprodução

A atriz Djenane Machado, que fez sucesso em novelas e filmes, morreu aos 70 anos no Rio de Janeiro.

A morte ocorreu no último dia 23, mas só foi divulgada nesta terça-feira (29). Entre as novelas das quais participou, uma das mais conhecidas foi ‘Estúpido Cupido‘, em 1976.

  • Aspirador de pó, fritadeiras elétricas, enxoval, ventiladores… que tal conferir ofertas imperdíveis e renovar sua casa com até 40% de desconto e opção de FRETE GRÁTIS? Clique aqui.

Outro papel marcante em sua vida foi a de Bebel, na primeira versão de A Grande Família‘, em 1973. Isso fez com que Djenane ganhasse projeção nacional.

Antes, ela havia estreado na televisão em junho de 1968, na TV  Globo, com a novela ‘Passo dos Ventos’, de Janete Clair, vivendo a personagem Hannah.

Veja também:
Drico Alves, o José Leôncio de 'Pantanal', teve vídeo íntimo vazado por Mel Maia

No ano seguinte, em 1969, ela fez três novelas na Globo: ‘Rosa Rebelde‘, ‘A Ponte dos Suspiros‘ e ‘Véu de Noiva‘ e um filme, ‘A Penúltima Donzela‘. A telenovela seguinte foi em julho de 1970, de Dias Gomes, ‘Assim na Terra como no Céu’.

Nos anos seguintes, após várias participações em novelas, ela enfrentou problemas pessoais.

Com dificuldades para voltar à televisão, ela fez dois filmes. O primeiro foi ‘Águia na Cabeça‘, de Paulo Thiago, em 1984, contracenando com Christiane Torloni e Nuno Leal Maia, e, dois anos depois, ‘Ópera do Malandro‘, do diretor Ruy Guerra, com Edson Celulari e Cláudia Ohana.

A carreira de Djenane Machado se encerrou na TV Manchete, com participações nas novelas ‘Tudo em Cima’, de Geraldo Carneiro e Bráulio Pedroso, e em ‘Novo Amor’, de Manoel Carlos.

Filha de Carlos Machado, o rei da noite carioca nos anos 50 e 60, ela cresceu entre a produção de shows e espetáculos de teatro. Ingressou na carreira artística e fez muito sucesso em novelas e filmes.

Djenane Machado vivia reclusa nos últimos anos

Carlos Machado morreu em 1992 e Djenane ficou extremamente abalada com a perda do pai e passou a viver de forma reclusa. A atriz se retirou da carreira artística a fim de se submeter a tratamentos contra a dependência de álcool.

Ela foi casada duas vezes, mas não teve filhos. Viveu de maneira simples e discreta, em seu apartamento, em Copacabana, na companhia de uma cuidadora.

Boatos diziam que Djenane ainda lutava contra seus vícios, mas poucas pessoas sabiam ao certo como era a vida dela.

Veja também:
Ex-'ator mirim' leva internet à loucura após cena de sexo na estreia de 'Pantanal'

Em 2016, o jornal ‘Extra’ localizou Djenane Machado vivendo em Copacabana acompanhada da cuidadora. Ela disse que estava escrevendo sua autobiografia, que não foi finalizada, ao que tudo indica.

No último dia 23 de março de 2022, Djenane Machado morreu aos 70 anos de causa não revelada.

Veja uma foto feita na Praia de Ipanema em 1970. Carlos Vereza, Renata Sorrah, Dina Sfat e Djenane Machado:

Djenane - praia
Foto: Arquivo Pessoal 

Confira os últimos registros feitos de Djenane Machado em vida, do ano de 2016:

Djenane Machado - Copacabana
Fotos: Sandro Cardozo/Jornal Extra
  • Aspirador de pó, fritadeiras elétricas, enxoval, ventiladores… que tal conferir ofertas imperdíveis e renovar sua casa com até 40% de desconto e opção de FRETE GRÁTIS? Clique aqui.

Alain Delon, lenda do cinema, posta despedida após optar por suicídio assistido

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Alain Delon

Alain Delon, lenda do cinema, posta despedida após optar por suicídio assistido

Sandra Mara Fernandes - caso mendigo

Caso mendigo: laudo médico identifica que mulher estava em crise desde janeiro