in

Pai ajuda polícia na prisão de pedófilo que assediou filha de 9 anos

Homem foi preso no local que tinha marcado para se encontrar com a vítima

Em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá (MT), o pai de uma menina de 9 anos descobriu mensagens de assédio recebidas por ela através do WhatsApp e procurou a polícia para informar que o pedófilo havia combinado um encontro com a criança. Nesta terça-feira (23), junto com os policiais, ele compareceu ao local e um homem de 47 anos foi preso em flagrante.

De acordo com a Polícia Civil, o homem confessou que sabia que a vítima era uma criança e assumiu a autoria das mensagens enviadas.

O primeiro contato dele com a menina aconteceu através do Facebook. Na sequência, ele teria pedido o celular dela e, a partir do dia 1° de maio, os dois passaram a trocar mensagens no aplicativo.

(Foto: : Polícia Civil-MT/ Divulgação)
(Foto: : Polícia Civil-MT/ Divulgação)

Durante as conversas, o homem pedia para que ela enviasse fotos sem roupas e que não mostrasse o conteúdo das mensagens para a própria mãe. Após combinar o encontro, ele também pediu que ela tomasse um anticoncepcional e que comparecesse ao local combinado sem calcinha.

O suspeito foi abordado em um carro próximo à casa da criança.

(Foto: Polícia Civil-MT/ Divulgação)
(Foto: Polícia Civil-MT/ Divulgação)

Outras vítimas

Segundo o delegado Cláudio Alvarez, da Polícia Civil, a suspeita é que menina não tenha sido a única vítima desse homem. No celular do suspeito, que será enviado para a polícia, foram encontradas conversas com mais de 20 menores de idade e não se descarta a possibilidade de ele já ter cometido, de fato, um estupro.

“Ele apagou algumas fotos do celular, provavelmente de crianças nuas. As vítimas eram escolhidas pelo Facebook, onde ele pedia o número de WhatsApp para enviar fotos e mensagens de teor sexual”, disse Cláudio Alvarez.

Comente com o Facebook
messi barcelona

Messi é condenado a 21 meses de prisão por Supremo da Espanha

criancas

Garotinha reclama de tia fedida durante dança e vídeo viraliza