in , ,

R.R. Soares polemiza com oração que ‘cura’ o coronavírus e o manda para o inferno

Usando máscara durante a transmissão ao vivo, o próprio missionário aparenta não acreditar em sua prece

Foto: Reprodução/Twitter

Um vídeo, exibido no último dia 27 de março, mostra o pastor R.R. Soares “expulsando o coronavírus” da vida das pessoas e acabou viralizando nas redes sociais – gerando bastante polêmica. O missionário é famoso por ser o líder da Igreja Internacional da Graça e manter programas religiosos na TV aberta há muitos anos.

Pregando para uma igreja vazia, pois as autoridades proibiram aglomerações graças à pandemia da Covid-19, o pastor dá a entender que a oração seria capaz de curar a infecção causada pelo coronavírus.

Veja também:
Enfermeiro mata namorada médica por causa do coronavírus: 'me passou'

“Corona, sai daquela pessoa no hospital agora, em nome de Jesus Cristo. Vai embora, acabou. A benção chegou e todo o mal está desfeito”, ele afirma.

Assim como muitos líderes evangélicos e católicos, R.R. Soares está usando a internet para falar com os fiéis durante este período de isolamento social. “Aí você levanta os braços e diga: Obrigado, Jesus, eu creio”, segue o pastor com o ensinamento.

Usando máscara durante a transmissão ao vivo, o próprio missionário aparenta não acreditar em sua prece. A situação foi amplamente criticada nas redes sociais e o pastor foi acusado de “charlatanismo” e de “se aproveitar da fé dos fiéis”.

Confira o vídeo e uma reação de um usuário no Twitter:

A Igreja Internacional da Graça foi fundada por R.R. Soares em 1980, depois de ter rompido com o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus. Com mais de 1 milhão de seguidores, segundo dados do Censo, a Igreja Internacional diz ter mais de 5.000 templos espalhados por mais de 190 países.

R.R. Soares não tem sido o único a pregar que é possível vencer o coronavírus com a fé. O pastor Silvio Roberto, da Igreja Catedral Global do Espírito Santos, na cidade de Porto Alegre, está sendo investigado pela Polícia Federal do Paraná após sua igreja ter distribuído um panfleto que afirma que os fiéis que forem ungidos com o “óleo consagrado” ficariam imunes a todas as doenças – inclusive o coronavírus.

Veja também:
Narcisa Tamborindeguy abraça árvores e volta a viralizar ao refletir sobre coronavírus

Comente com o Facebook
rose miriam gugu

E os filhos? Rose Miriam, companheira de Gugu, deixa os EUA e volta a morar em SP

yudi

Yudi Tamashiro revela luta contra o câncer de sua mãe e cai no choro em vídeo