in , ,

Polícia pede amostra de DNA de Cristiano Ronaldo por acusação de estupro

Atacante português da Juventus foi acusado de abuso sexual por Kathryn Mayorga durante férias em Las Vegas em 2009

A Polícia de Las Vegas pediu à Justiça dos Estados Unidos para obter uma amostra do DNA do atacante Cristiano Ronaldo para compará-la com os traços biológicos encontrados no vestido de uma mulher que o acusa de estupro.

Segundo o jornal “The Wall Street Journal”, que citou fontes próximas ao caso, as autoridades americanas teriam pedido a um juiz da Itália, país onde o jogador está atuando, que autorize a coleta de uma amostra do DNA do craque português.

Caso a autorização seja concedida, o material será coletado e comparado pela Polícia de Las Vegas ao encontrado nas roupas de Kathryn Mayorga, que acusou o atacante da Juventus de tê-la estuprado há cerca de dez anos.

Segundo Mayorga, Cristiano teria pagado US$ 375 mil para manter o encontro com ela em segredo. A defesa do jogador nega as acusações de estupro e, o advogado do craque, Peter Christiansen, afirmou que a relação sexual entre foi consensual.

De acordo com a versão da acusação, Cristiano, na época com 24 anos, estava de férias em Las Vegas e conheceu Mayorga em um clube, convidando-a para uma festa em sua suíte. No quarto, o jogador teria abusado sexualmente da mulher, que implorava para que ele parasse. O atleta nega as acusações.

Cristiano Ronaldo é acusado de estupro por mulher norte-americana; ele nega

Comente com o Facebook
feedclub anitta vegana

Anitta revela que se tornou vegana: ‘faz 10 dias, vamos tentando’

feedclub otaviano costa

‘O ‘Vídeo Show’ jamais acabará’, enfatiza Otaviano Costa