in , ,

Repórter processa Datena por assédio sexual; apresentador nega acusação

Apresentador teria dito que repórter não precisava emagrecer por já ser “muito gostosa”, que já se masturbou muitas vezes “pensando nela” e que considerava “um desperdício” que ela namorasse uma mulher

A repórter Bruna Drews, que trabalhava no programa ‘Brasil Urgente’, da Band, está processando o apresentador José Luiz Datena por assédio sexual. Segundo a jornalista, em ação protocolada no Ministério Público de São Paulo, Datena disse que ela não precisava emagrecer por já ser “muito gostosa”, que já se masturbou muitas vezes “pensando nela” e que considerava “um desperdício” que ela namorasse uma mulher. As informações são do site Notícias da TV.

A jornalista afirma que o assédio em questão aconteceu no dia 7 de junho de 2018, em um bar em São Paulo, onde a equipe do já extinto programa ‘Agora É Com Datena’ comemorava o fim das gravações de um quadro. De acordo com Bruna Drews, a ação só foi movida agora porque sofreu crise de depressão e pânico – ela está afastada desde julho e também está processando a Band, acusando a emissora de ser conivente com as atitudes do apresentador.

“Eu já bati muita punheta pra você, você nem imagina o quanto. Eu batia punheta pra você antes e depois do programa. […] Não tenho nenhum preconceito… minha filha já ficou com mulheres, mas é um desperdício você namorar uma mulher, não deve ter conhecido o homem certo”, teria dito Datena, conforme alegações apresentadas no documento da ação.

Bruna Drews começou a trabalhar na Band em 2014 e atuou como repórter do ‘Brasil Urgente’ a partir de 2015. No ano seguinte, ela passou a se afastar do trabalho periodicamente devido à pressão do jornalismo policial, que lhe causou síndrome do pânico.

Veja também:
Fã diz que Bruna Marquezine é 'falsa cristã' por causa de festa; atriz rebate

Em suas aparições no ‘Brasil Urgente’, Bruna Drews costumava ser recebida com cantadas por parte de Datena. A jornalista parecia lidar bem com os comentários do apresentador, mas, na ação, ela diz que se sentia constrangida com as atitudes, como quando Datena interrompia suas reportagens para falar de sua beleza física e pedia para que as câmeras mostrassem seu corpo todo.

Em contato com a reportagem do site “Notícias da TV”, José Luiz Datena nega as acusações de Bruna Drews. “Isso não é verdade, é falso. Eu disse para ela que ela era uma pessoa bonita. Dizia no ar, pra todo o Brasil ouvir, [que é] bonita e competente. Ela nunca reclamou, só me agradeceu por tratá-la bem”, afirmou.

“Um dia, durante as gravações do quadro A Fuga, ela estava muito magra, passou mal e eu pedi para que ela fosse atendida. Na comemoração, repeti a ela que ela era muito bonita e que não precisava emagrecer, porque ela já era competente. Tiranod isso, todo o resto é mentira, calúnia e delírio”, completou o apresentador, que disse que a repórter estava “bebendo” e que pediu para que outras pessoas a levassem para casa – ela, por sua vez, afirma que estava sóbria e apontou que, na verdade, Datena bebeu “dois uísques”.

A Band não se manifestou sobre o caso.

‘Talvez eu não tenha capacidade para apresentar programa de domingo’, diz Datena

Comente com o Facebook
bbb vanderson

Três mulheres registram Boletins de Ocorrência contra participante do ‘BBB 19’

feedclub medico abuso sexual

Justiça manda prender médico acusado de abusos sexuais em Presidente Prudente