in ,

Vídeo: vice-diretor é flagrado agredindo jovem para defender aluno

Situação aconteceu em frente à Escola Estadual Olga Cury, em Santos (SP) e imagens repercutiram na web

Fotos: Reprodução/Facebook/YouTube

Um vídeo bizarro tem circulado na web e dando o que falar nas redes sociais. O vice-diretor de uma escola foi flagrado agredindo um jovem na porta da escola, para defender um aluno.

  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

O desentendimento aconteceu noite de terça-feira (28) em frente a Escola Estadual Olga Cury, localizada na Rua Alexandre Fleming, no bairro Aparecida, em Santos (SP).

O vice-diretor, que não teve a identidade revelada, foi até a porta da escola ao ficar sabendo que tinha um jovem ameaçando um dos alunos do 9º ano.

Veja também:
Crise de ansiedade coletiva atinge 26 alunos em escola pública

Em determinado momento da situação tensa, o jovem fala: Tá metendo o louco, parceiro?“, e empurra o vice-diretor, que tentava defender um aluno. O profissional, então, dá um soco no jovem, os dois caem no asfalto e começam a agredir um ao outro.

Pessoas que presenciavam a cena gritavam tentando avisar o vice-diretor que o menino em quem ele estava batendo era “de menor”, ou seja, menor de idade. Mas a confusão só acabou quando testemunhas entraram no meio e conseguiram separá-los. 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) afirmou que as agressões começaram após a intervenção do vice-diretor, que foi defender um aluno.

“Após afastar o aluno, o educador se tornou o alvo do agressor que passou a abordá-lo com truculência e empurrões, chegando às vias de fato”, disse o órgão público.

Ainda de acordo com a Secretaria, o vice-diretor registrou um Boletim de Ocorrência sobre os fatos e o caso foi inserido na plataforma Conviva SP-Placon, responsável por acompanhar o registro de ocorrências escolares na rede estadual de ensino.

Para concluir o assunto a Seduc-SP disse que repudia qualquer forma de violência, dentro ou fora da escola, e que a unidade escolar e a Diretoria de Ensino estão à disposição dos responsáveis para esclarecimentos sobre o ocorrido.”

Assista ao vídeo que viralizou na internet:

Escola Estadual Olga Cury
Foto: Reprodução/Facebook
  • Alexa com mais de R$ 100 de desconto!!! Com opção de FRETE GRÁTIS!!! E a melhor parte: experimente por 30 dias e DEVOLVA se não curtir o produto! Confira clicando aqui.

Vídeo: professor de história usa roupas da Ku Klux Klan em escola e é afastado

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Alberto Cormillot pai

Este homem foi pai aos 83 anos e grava vídeos para que filho o conheça

Quina de São João

Quina de São João: funcionários de empresa ganham bolão, mas seguem trabalhando