in ,

Youtuber afirma que foi estuprada por ex-BBB e conta como tudo aconteceu

Durante uma campanha, ela foi alojada no mesmo quarto que outros dois homens

Na última quinta-feira (4), uma youtuber, conhecida na web como Vee Castro, utilizou seu canal no YouTube para compartilhar uma triste história. Ela relatou que sofreu um abuso sexual por parte de um ex-participante do Big Brother Brasil, reality show da TV Globo.

A influenciadora contou os detalhes da situação e afirmou que foi contratada por uma marca para realizar uma ação de marketing que aconteceria durante uma viagem de cruzeiro. Acontece que, no navio, ela foi alojada em uma cabine junto com dois homens – um deles viria a ser seu agressor.

Ela teria entrado no quarto para arrumar suas malas junto aos colegas, quando começou a ser assediada pelo homem. O outro colega achou que a jovem de 20 anos estava interessada nas investidas e deixou os dois sozinhos.

Vitoria Castro relatou a história com riqueza de detalhes, mas optou por não revelar nenhum nome dos supostos envolvidos.

“O menino que estava na cabine, eu não posso citar nomes então fica meio complicado, ele saiu e me deixou com o cara. Depois eu perguntei por que ele havia saído e disse que estava sentindo um clima entre a gente, só que foi um clima só da parte do cara. Ficou só eu e ele na cabine”, contou ela.

“Eu estava sentada mexendo no celular e ele me deitou e ficou chegando muito perto do meu rosto. E eu virava o rosto, ele perguntava o porquê, e eu dizia que não podia. Mas ele chegava cada vez mais perto do meu rosto e por fim ele me beijou. E depois só lembro da cena da gente em pé”, continuou a jovem.

Ela também relatou que o abusador teria tirado seu short e calcinha e tentou transar a força com ela sem camisinha: “Eu comecei a falar ‘para, para, deixa eu ir embora’. E ele falava ‘não'”.

“E eu não conseguia sair porque ele estava me prendendo na cama. E eu ficava ‘para’. Ele estava me prendendo com a perna, jogando o peso dele para cima de mim. Depois eu me dei conta que eu estava sendo estuprada eu comecei a chorar e ele não parava, ele não me deixava sair, eu já tinha pedido para ele parar e ele só falava ‘não’. E parecia que, quanto mais eu fazia isso [tentava fugir], mais ele gostava”, relatou.

“Eu estou gravando esse vídeo porque não consegui denunciar e eu queria usar a influência que eu tenho para alertar algumas garotas e quem sabe conseguir justiça. Esse cara é um ex-BBB e ele não tem um histórico muito legal. Eu andei pesquisando sobre ele”, finalizou.

Veja o vídeo:

Comente com o Facebook
feedclub maisa silva

Após polêmica, Maisa Silva rebate fãs: ‘depressão vai muito além de tweet’

camisinhas

Marca de camisinhas cria embalagem que só abre a 4 mãos para combater estupros