in ,

Justiça volta atrás e Bruno de Luca responderá por omissão de socorro

Tribunal de Justiça acatou pedido do Ministério Público para investigar falta de socorro a Kayky Brito

O Tribunal de Justiça acatou um pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro e decidiu que o ator Bruno de Luca será processado ​​por omissão de socorro a Kayky Brito – ator de 35 anos que foi atropelado na orla da Barra da Tijuca ao atravessar a avenida fora da faixa de pedestres e correndo, na madrugada de 2 de setembro.

Embora o delegado Ângelo Lages, encarregado do inquérito policial sobre o caso, não tenha inicialmente indiciado De Luca, o Ministério Público vê a situação de forma diferente.

De acordo alguns documentos do processo, Bruno De Luca é apontado como o único que teria saído do local logo após o atropelamento, sem adotar quaisquer providências para prestar socorro, nem mesmo saber que algum socorro ou solicitação havia sido feita”.

O promotor Márcio Almeida Ribeiro da Silva acusa De Luca de negligência, afirmando que ele não tomou as medidas devidas para auxiliar Brito.

“Não é possível eximir De Luca da responsabilidade pelo crime previsto no artigo 135 do Código Penal”, completa o promotor.

Bruno de Luca, por outro lado, tentou se defender em depoimento à Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ele sustentou que havia se despedido de Kayky, viu o atropelamento, mas que só ficou sabendo que o amigo era a vítima no dia seguinte.

A versão da história, entretanto, já foi desmentida por testemunhas.

Veja também:
Após ser traída, mulher vira detetive e já desmascarou mais de 400 homens

“Em algum momento algum Bruno De Luca pode ser acusado de omissão de socorro, já que várias pessoas já estavam prestando o auxílio necessário, inclusive chamando os bombeiros. Bruno prestou todos os esclarecimentos, não por outra razão descobriu-se pela inexistência de qualquer ato impróprio”, afirmou Rodrigo Brocchi, advogado de Bruno de Luca.

O especialista em processo penal Leonardo Pantaleão opinou que Bruno De Luca provavelmente não será preso por omissão de socorro.

Segundo o artigo 135 do Código Penal, é considerado crime não prestar socorro a uma pessoa ferida quando possível fazê-lo sem risco pessoal.

Pantaleão mencionou que, como já havia outras pessoas socorrendo Kayky Brito no local do acidente, o caso contra De Luca pode não se sustentar.

Kayky Brito - família
Foto: Reprodução/Instagram

Kayky Brito não quer saber de Bruno de Luca

Em sua primeira aparição nas redes sociais após atropelamento devastador no início de setembro, Kayky Brito fez questão de agradecer a várias pessoas, exceto ao ator e apresentador Bruno de Luca.

O fato ocorre em meio a relatos de que a família de Brito teria banido visitas de De Luca enquanto o ator estava hospitalizado.

De acordo com o colunista Valmir Moratelli, fontes íntimas da família de Brito revelaram que o ator estádigerindo tudo o que aconteceu e, por enquanto, quer manter distância de Bruno de Luca.

“O global está digerindo tudo o que aconteceu e, por ora, prefere se manter afastado de Bruno”, informa Moratelli.

Veja também:
Inventora do chá revelação se arrepende da própria criação: 'ficou agressivo'

Kayky Brito foi atropelado enquanto atravessava a avenida na Orla da Barra da Tijuca na madrugada de 2 de setembro. Ele estava em um quiosque com o amigo, Bruno de Luca, quando resolveu ir até o carro – foi quando o atropelamento aconteceu.

O motorista de aplicativo, Diones Silva, dirigia abaixo do limite de velocidade, mas não conseguiu parar a tempo de para evitar o atropelamento.

Kayky, irmão de Sthefany Brito, sofreu traumas múltiplos, incluindo traumatismo craniano, ficou na UTI e atualmente se recupera em casa.

Durante a recuperação, foi noticiado que a família do ator havia proibido Bruno de Luca de visitá-lo.

A decisão da família parece estar relacionada a imagens que circularam, mostrando que De Luca estava presente no momento do acidente, mas não ofereceu ajuda imediata.

“Quando Kayky recebeu alta, no final do último mês, a família do ator já havia proibido a visita do amigo”, complementou Moratelli.

Tanto Kayky Brito quanto Bruno de Luca mantêm silêncio sobre o tema até o momento. O público aguarda mais atualizações sobre esta delicada situação que envolve os dois atores.

Sorridente, Kayky Brito canta e dança em primeiro vídeo após o acidente

Em Destaque

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Davi filho - jogador Naldo

Com apenas 4 anos, morre o filho do zagueiro Naldo após 40 dias internado

Humberto Siqueira Nogueira - paraquedista

Homem que morreu em paraquedas já estava no terceiro salto do dia: ‘era experiente’