in ,

Cinegrafista que chamou Sabrina de ‘macaco’ em A Fazenda 11 é negro, diz colunista

Polêmica estourou nas redes sociais e o funcionário acabou demitido da emissora nesta quarta-feira (6)

A participante Sabrina Paiva, ex-miss São Paulo, foi vítima de um comentário racista por parte de um funcionário da produção de ‘A Fazenda 11‘. A situação acabou sendo exibida ao vivo e revoltou os espectadores. O cinegrafista foi demitido por justa causa pela Teleimage, empresa terceirizada que presta serviços à Record TV.

Agora, o colunista Mauricio Stycer, do portal ‘Uol’, descobriu um detalhe inesperado sobre o caso: acontece que o funcionário demitido por ter desferido a ofensa é um homem negro. A identidade dele, no entanto, será revelada apenas à Sabrina Paiva – caso ela deseje tomar alguma providência na Justiça.

De acordo com as fontes do colunista, o operador de câmera teria reagido com surpresa ao saber que seria dispensado do cargo. A emissora avaliou todas as consequências jurídicas antes de anunciar a decisão, mas o homem foi identificado na mesma hora no ambiente de gravação.

Veja também:
A Fazenda 11: Sabrina ouve alguém da produção a xingando de 'macaco'

De dentro do confinamento, Sabrina Paiva não tomou nenhum tipo de decisão quanto a procurar a Justiça. No entanto, a família dela já mobilizou o advogado Guilherme Agostineto, que está tomando as devidas providências.

“Iremos tomar todas as medidas judiciais pertinentes ao caso, inclusive na esfera criminal. Já solicitamos a divulgação do funcionário responsável pela ofensa. Ainda estamos analisando as responsabilidades”, disse ele.

Veja também:
Record demite cinegrafista que xingou Sabrina de 'macaco' e informa participante

Entenda o caso

Sabrina Paiva relatou ter ouvido alguém da produção desferindo uma ofensa racista contra ela, em ‘A Fazenda 11’, na noite de terça-feira (5). Hariany Almeida, outra participante do reality, também afirmou que ouviu o xingamento.

A situação aconteceu quando todos os peões estavam sentados no sofá para conversar com o apresentador Marcos Mion, ao vivo. Com um copo de água na mão, Sabrina se levanta para colocá-lo em uma mesinha de centro. Nesse momento, é possível ouvir alguém gritando nos bastidores, atrás das paredes de vidro.

O vídeo da situação caiu na internet.

Veja:

Visivelmente chateada, Sabrina Paiva comentou o episódio com as colegas Hariany e Andréa Nóbrega, mais tarde, no quarto. “Eu acho que aquilo foi para mim, de verdade. Eu era a única que estava tomando água. Estava todo mundo sentado, aí eu ouvi alguém dizer: ‘senta aí, macaco’ e um palavrão”, disse a ex-miss.

Veja também:
Phellipe Haagensen é expulso de 'A Fazenda 11' após beijar Hariany sem consentimento dela

Hariany, então, concorda e diz que também ouviu a frase polêmica. “Ele falou sim, ‘senta aí logo, macaco'”, disse ela. Antes da conversa ser cortada e as câmeras passarem a exibir outro cômodo da casa, Sabrina ainda completou: “Juro, no vidro. Eu não estou surda”.

O assunto movimentou internautas e espectadores da atração. Depois de enorme repercussão, a Record TV optou por se manifestar oficialmente sobre o episódio. Além de reconhecer o crime, a emissora tomou providências: através de comunicado enviado a Sabrina Paiva dentro do confinamento, o canal televisivo admite que um de seus cinegrafistas, de fato, xingou a modelo de “macaco” por trás das paredes de vidro.

Como primeira medida, a empresa terceirizada Teleimage demitiu o funcionário, imediatamente, por justa causa. A Record também apontou que Sabrina possui o direito, previsto por lei, de entrar com ação judicial e se colocou à disposição caso a peoa tome essa decisão, mesmo estando confinada no reality show.

Ao concluir a leitura da carta da produção, Sabrina Paiva se mostrou aliviada ao descobrir que a emissora admitiu a situação e que tomou medidas cabíveis. “Eu tinha certeza que tinha ouvido, que bom que isso aconteceu. Fico mais tranquila”, comentou.

Veja:

A confirmação do fato, que antes era só suspeita, acabou pesando no coração da participante. Após a leitura do envelope, Sabrina Paiva pediu para ser deixada sozinha na área externa e chorou copiosamente.

Minutos depois, foi consolada por amigos e pelo namorado, o ator Rodrigo Phavanello.

Confira:

Pouco antes, a Record TV já havia enviado um comunicado à imprensa onde relatava as mesmas informações lidas por Sabrina Paiva no programa.

“A Record TV informa que ontem, 05/11/2019, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera) identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente”, disse a empresa.

“A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar”, concluiu a nota.

 

Veja também:
Eliminada de 'A Fazenda 11', Bifão confirma que vai processar Tati Dias

Comente com o Facebook
dani russo

Dani Russo promove produtos falsificados no Instagram e é acusada por youtuber