in ,

Em depoimento oficial, Duda Reis diz que Nego do Borel tinha fuzil em casa

Ela formalizou as acusações ao registrar um boletim de ocorrência contra o cantor na Delegacia de Mulheres

Foto: reprodução / Instagram

Mais um capítulo da história polêmica sobre o fim do relacionamento de Duda Reis e Nego do Borel. Nesta quinta-feira (14), a atriz e influenciadora formalizou na Justiça as acusações que fez contra o cantor nas redes sociais.

Ela registrou um boletim de ocorrência contra Nego na 1ª DDM (Delegacia de Mulheres), em São Paulo, no qual diz ter sido dopada com remédios e estuprada pelo ex-noivo durante uma viagem do então casal para Portugal, em 2018 – entre inúmeras outras denúncias. O documento foi acessado pelo jornal ‘Extra’.

Veja também:
Duda Reis faz novas e sérias acusações contra Nego do Borel: 'dizia que negros fedem'

De acordo com trechos do B.O, Duda contou que fazia uso de alprazolam, medicamento psiquiátrico indicado para combater crises de ansiedade e transtorno do pânico. O remédio era recomendação médica e ela tinha a indicação de ingerir 2 miligramas por dia.

No entanto, segundo ela, durante a viagem, Nego do Borel a incentivou a aumentar as doses. Ela chegou a ingerir 8 miligramas, o que a deixou dopada. Ainda de acordo com Duda Reis, ele teria feito sexo com ela de forma não consentida e, mesmo enquanto ela pedia para parar, ele continuava com o ato.

“Durante a mesma viagem, o autor [Nego do Borel] forçou a vítima a acompanhá-lo em um show e que, perante a recusa da vítima, o autor a empurrou contra um cabideiro no local onde eles estavam. Ela caiu sobre o solo, resultando em lesão em suas costas e pernas”, diz parte do boletim de ocorrência.

“Mesmo machucada, a vítima ainda foi obrigada a acompanhá-lo ao show, ela estava dopada pelo medicamento alprazolam, mas durante o percurso pedia para sair do veículo e retornar ao hotel. Ao parar o veículo, o autor a forçou a sair, mas ela se recusou”, completa o texto.

“A equipe que estava com o autor impediu que ele a abandonasse em um local deserto. O autor dizia que as crises psicológicas e emocionais eram bobagem”, diz ainda.

Sobre outra ocasião, Duda disse à Polícia que um dia Nego do Borel, que estava sob efeito de álcool e drogas, a ameaçou com uma faca dizendo que iria matá-la. Segundo ela, isso aconteceu em novembro de 2019. O motivo da agressão teria sido ciúmes.

Parece impossível, mas o conteúdo das denúncias ainda piora. Duda afirmou ter contraído HPV (infecção sexualmente transmissível) após começar a se relacionar sexualmente com Nego do Borel.

Segundo o documento, Duda só tinha tido um parceiro sexual antes do agressor. Já ele, mantinha relação sexual com várias outras mulheres simultaneamente – as já referidas traições, que ele admitiu publicamente.

Duda Reis disse, também à Polícia em depoimento oficial, que Nego do Borel costumava chamá-la de ‘piranha’ e ‘louca’, além de outros palavrões. O funkeiro teria ameaçado até expor, na internet, fotos e vídeos íntimos que ele teria dela, com o objetivo de acabar com a carreira da atriz.

De acordo com ela, Nego a forçava a romper com sua família e ameaçava pai, mãe e irmã da vítima. Ela diz que teme por sua integridade física, pois já presenciou o cantor em chamadas de vídeos com presidiários e viu, na residência dele, um fuzil e um cofre com R$ 2 milhões em espécie.

Veja também:
Aos prantos, Duda Reis diz que pedirá medidas protetivas contra Nego do Borel

A Polícia Civil de São Paulo disse, em comunicado, que instaurou um inquérito policial para investigar e esclarecer todos os fatos. “Foram solicitadas ao Poder Judiciário as medidas protetivas para a vítima, que estão em análise judicial”, diz trecho do comunicado da Polícia.

As advogadas de Duda, Izabella Borges e Gizelly Bicalho informaram que neste momento estão “voltadas ao acolhimento emocional da vítima e sua família”.

Elas prometeram vão prestar esclarecimentos à imprensa sobre o caso, em breve, e confirmaram o grave teor do depoimento e a concessão de algumas medidas protetivas de urgência.

Nego do Borel se defende das acusações

Antes do depoimento de Duda à Polícia, o próprio Nego do Borel havia procurado as autoridades. Ele registrou um Boletim de Ocorrência contra a ex-noiva por injúria e difamação, após ela ter publicado uma série de vídeos denunciando o suposto relacionamento abusivo.

Também nesta quinta-feira (15), o cantor Nego do Borel publicou um vídeo de pouco mais de 11 minutos em seu perfil no Instagram intitulado ‘Vídeo 1’, o que deixa implícito que mais publicações virão por aí.

O vídeo já está com mais de 10 milhões de visualizações e recebeu 341 mil comentários até o momento.

Nele, o funkeiro diz que realmente errou ao ter traído a ex-noiva, mas nega veementemente outras acusações feitas por Duda Reis. Nego diz que nunca foi violento com ela e que jamais a agrediu.

“Não quero ficar nas redes sociais denegrindo a imagem dela. Mas, se é para me defender, mostrar quem eu sou, vou até o final e vou brigar por isso”, diz ele, que disse estar tomando “todas as medidas legais” para provar que ele “não é esse cara que ela está falando”.

Veja também:
Duda Reis faz novas e sérias acusações contra Nego do Borel: 'dizia que negros fedem'

Na ocasião, ele ainda mostra várias capturas de tela de supostas conversas íntimas entre ele e Duda Reis em um aplicativo de mensagens. O conteúdo das mensagens mostra Duda Reis, por diversas vezes, tentando se reconciliar com Nego, dizendo que o ama e que ele é o “homem de Deus” para a vida dela.

Nas conversas que aconteceram no final de dezembro após eles terem terminado o noivado, Nego do Borel diz estar abalado pela maneira que o relacionamento terminou e por Duda ter o chamado dias antes de “agressivo, egoísta, narcisista, egocêntrico, abusivo em muitas coisas”.

Ela, que no contexto em que estava vivendo desenvolveu um quadro depressivo, disse ainda que ele estava destruindo sua saúde mental. Em alguns momentos o cantor afirma que se vê como o “responsável” pelo problema de saúde de Duda.

A jovem diz que ela afirmou tudo isso a respeito dele após uma noite mal dormida em que ela precisou tomar vários medicamentos que a desequilibraram muito.

“Essa não sou eu”, disse ela, que também pediu para que Nego parasse de seguir algumas mulheres nas redes sociais, pois ela sentia ciúmes. Duda Reis fala em trecho da conversa que eles deveriam orar pelo propósito do casamento. “Eu quero que você seja o pai dos meus filhos”, diz ela.

Confira o vídeo:

Duda Reis faz novas e sérias acusações contra Nego do Borel: ‘dizia que negros fedem’

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Whindersson Nunes anuncia doação de cilindros de oxigênio para Manaus

victor chaves

Ex que acusou Victor Chaves de agressão tenta reaproximação: ‘em prol das crianças’