in ,

Eslovênia: participante da ‘Pipoca’ no ‘BBB 22’ tem nome de país europeu

A Eslovênia é conhecida pelas montanhas, além de ser considerado um dos países mais seguros do mundo

Para quem gosta, o Brasil está parado e ligado na tela da TV Globo: a emissora está revelando os nomes dos participantes do ‘BBB 22’, com estreia marcada para a próxima segunda-feira (17). Eslovênia, uma das anunciadas para o grupo ‘Pipoca’, chamou a atenção pelo nome inusitado.

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

Eslovênia é modelo, tem 25 anos de idade e nasceu na Paraíba, mas vive na cidade de Caruaru (PE). Ela, inclusive, já foi Miss Pernambuco.

Veja também:
Globo confirma: 3 participantes do 'BBB 22' estão com Covid-19 e entrarão mais tarde

Acontece que Eslovênia é um país europeu, mais conhecido por ser montanhoso e contar com estações de esqui. O país é conhecido como um dos mais seguros e não violentos de todo o mundo.

O pai da participante do ‘BBB 22’ estava atento nos conflitos políticos da Iugoslávia quando a filha nasceu e se inspirou para o nome. “Ele escolheu Bósnia-Herzegovina, mas mainha não deixou de jeito nenhum, imagina!”, contou ela.

A 22ª edição do ‘Big Brother Brasil‘, será apresentada pelo jornalista Tadeu Schmidt pela primeira vez. O antigo apresentador, Tiago Leifert, pediu demissão da emissora em condições suspeitas, em meados de 2021.

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!
Veja também:
Bil Araújo, após emendar 3 reality shows, esquece o andar do próprio apartamento

Recomendamos para você

Deixe seu comentário

Pablo Marçal - coach

Coach que subiu montanha com grupo já foi condenado por integrar quadrilha

Françoise Forton atriz

Françoise Forton morre aos 64 anos, vítima de câncer, no Rio de Janeiro