in ,

Filho de Chitãozinho solicitou auxílio emergencial do governo, diz colunista

Ex-mulher do músico Allison Lima também afirma que ele não está pagando a pensão alimentícia da filha

Fotos: Reprodução/Instagram

De acordo com o colunista Leo Dias, do portal ‘Uol’, o filho do sertanejo Chitãozinho teria entrado com solicitação para receber o auxílio emergencial do governo – disponibilizado para trabalhadores autônomos que estão sofrendo com a pandemia do coronavírus. Allison Lima tem uma banda de folk music e, nesse período, não está realizando shows.

A ajuda do governo é de R$ 600 por mês, durante 3 meses. Vale lembrar que Chitãozinho e Xororó são uma das duplas mais vendidas do Brasil desde seus primórdios.

Veja também:
Governo erra e paga auxílio emergencial de R$ 42 milhões a um único homem

Separado, Allison possui uma filha com a modelo Nicole Wolfensberger – que alega estar passando por dificuldades financeiras e não estar conseguindo solicitar o tal auxílio do governo. Para ela, como mãe solteira, o valor seria de R$ 1200 por mês.

Segundo uma amiga do ex-casal, que preferiu não se identificar, a dificuldade é tanta que o apartamento em que Nicole mora com a filha já teve a luz cortada e elas correm o risco de serem despejadas.

Outra informação dada pela coluna de Leo Dias é a de que Allison estaria atrasado com a pensão alimentícia da filha há meses.

A equipe de assessoria de imprensa de Chitãozinho emitiu nota oficial onde nega todas as informações – tanto sobre o auxílio emergencial, quanto sobre a pensão alimentícia.

“Allison não recebe nenhum auxílio do governo. Tem e sempre teve o apoio emocional e financeiro do pai. Ele sempre honrou todos os compromissos com a filha, tanto financeiros quanto paternais”, escreveram.

“No momento apenas pediu revisão da pensão, pois, como a grande maioria dos trabalhadores, está impossibilitado de exercer sua arte. Allison, além de trabalhar em uma produtora, é músico e faz apresentações em bares e casas noturnas”, completam.

“O juiz considerou pertinente o pedido e atendeu a revisão. Os pagamentos seguem, como sempre”, finaliza o texto.

Veja também:
Suposto cargo de 'Presidente da República' impede mulher de receber auxílio

Comente com o Facebook
pyong

Pyong Lee é processado por diretor do BuzzFeed Brasil, que pede R$ 1,5 milhão

padrasto de neymar

‘Padrasto de Neymar’ é acusado de ter agredido ex-namorada de 44 anos