in ,

Jovem invade creche e mata 2 crianças e 2 professoras em Santa Catarina

O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (4) na cidade de Saudades e está sendo investigado

Foto: Simone Fernandes/Arquivo Pessoal

Jovem invade creche e instaura uma tragédia no Sul do Brasil!

Um rapaz de 18 anos entrou em uma Escola de Educação Infantil armado com um facão na manhã desta terça-feira (4) e matou duas crianças e duas professoras na cidade de Saudades – a 600km de Florianópolis, Santa Catarina.

O crime chocante surpreendeu os moradores do município de pouco menos de 10 mil habitantes. Segundo apurado pelo G1 com a Polícia Civil local, vizinhos ouviram as vítimas gritarem por socorro, entraram na escola e pararam o jovem.

Veja também:
Brincando com arma, essa jovem matou o próprio namorado acidentalmente

Ele feriu o próprio pescoço com o facão, foi socorrido no Hospital da cidade vizinha de Pinhalzinho e acabou detido pela Polícia.

Chegamos lá, uma cena de terror! Consegui entrar na escola. Tinha um cara deitado no chão, mas ainda vivo, uma professora morta, uma criança morta também. A sala estava fechada, não deixaram a gente entrar”, disse a Secretária Municipal de Educação, Gisela Hermann, em entrevista ao G1.

Jovem invade creche

Às 10h35 da manhã, a Polícia começou a receber diversas ligações de funcionários da Creche Aquarela Berçário – que atende crianças de 6 meses a 3 anos – e moradores pedindo socorro. Soldados do 2º Batalhão da Polícia Militar de Chapecó foram até a creche, que fica no centro da cidade. 

“A Cre/Copom recebeu diversas ligações informando que um masculino entrou armado de arma branca tipo (facão), na Creche Aquarela Berçário – município de Saudades/SC, diversas ligações pedindo socorro da polícia, que o indivíduo estaria golpeando alunos e professores, informou a PM.

“Segundo populares, o jovem relatou ter sofrido bullying. A Polícia acrescentou que ele não estudou na creche e não tem “mais informação sobre a motivação” do crime.

Carlos Moisés (PSL) – o governador de Santa Catarinalamentou o caso na conta oficial dele no Twitter e afirmou que vai trabalhar para o “esclarecimento do episódio”.

“Devastadora a notícia da chacina registrada no município de Saudades vitimando crianças e professores de uma creche na manhã desta terça-feira. Minha solidariedade às famílias, à comunidade escolar e a todos os moradores da acolhedora cidade do nosso Oeste”.

“Todas as energias das forças de segurança da região devem ser empregadas no esclarecimento desse trágico episódio“, afirmou.

O time da Chapecoense também se manifestou nas redes sociais: “Estamos extremamente consternados com a notícia da tragédia que acaba de acontecer no município de Saudades. Faltam palavras para mensurar a dor que estamos sentindo diante de tamanha atrocidade”. 

“Neste momento de profunda dor, estendemos a nossa solidariedade e o nosso desejo de força. O nosso coração e as orações de toda a nação Chapecoense estão com vocês”.

Confira uma foto da movimentação em frente à Escola de Educação Pró-Infância Aquarela:

Simone Fernandes/Arquivo Pessoal
Simone Fernandes/Arquivo Pessoal

Comente com o Facebook
brincando com arma

Brincando com arma, essa jovem matou o próprio namorado acidentalmente

paulo gustavo

Morre o humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos, vítima da Covid-19