in ,

Brincando com arma, essa jovem matou o próprio namorado acidentalmente

Caso aconteceu no Distrito Federal; Daniel dos Santos Gomes, de 26 anos, já chegou ao hospital sem vida

Foto: Reprodução/Metrópoles

Uma tragédia aconteceu na madrugada do último sábado (1º) no bairro Águas Claras, no Distrito Federal. Uma mulher manuseava uma arma de fogo na garagem de uma casa quando – acidentalmenteatirou no peito do próprio namorado, que não resistiu e morreu.

O caso acabou todo registrado por uma câmera de segurança. Às 03h02 da manhã, Ardila Alves Rodrigues, de 24 anos, estava sentada em uma cadeira brincando com arma quando, aparentemente de brincadeira, aponta para o namorado, que estava em pé perto da porta.

Veja também:
Pegadinha de falso roubo dá errado e jovem youtuber acaba morto a tiros

Um tiro é disparado contra Daniel dos Santos Gomes, de 26 anos. Todos se assustam, ele sai andando desnorteado pela área da casa e amigos que estavam presentes no momento vão atrás. No vídeo, é possível ver mais três pessoas além do casal. 

Após andar poucos metros, o rapaz é trazido de volta ao local e colocado deitado no chão. Na tentativa de prestar socorro, tiram o casaco de moletom que ele estava vestindo.

Ardila fica muito impressionada e se aproxima, beijando o rosto do namorado. Os amigos a afastam e cerca de 2 minutos depois, levam a vítima de carro para o Hospital Santa Marta, em Taguatinga. Lá, os profissionais de saúde constataram o falecimento do jovem.

Jovem estava brincando com arma

No local, constam ao menos 5 motos e 1 carro estacionados. Três dos presentes na ocasião, inclusive a mulher que fez o disparo, vestiam um casaco preto com capuz que aparenta ser de um clube de motociclistas.

Veja também:
Angélica relembra trauma de infância: 'meu pai levou vários tiros na minha frente'

A ocorrência foi registrada na 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) e, pelo menos por enquanto, está sendo tratada como homicídio culposo – quando não há intenção de matar. Os investigadores ainda estão apurando de quem era a arma apreendida no local.

Ardila Alves prestou depoimento à Polícia Civil de forma espontânea e foi liberada, comprometendo-se em comparecer na delegacia quando chamada.

O vídeo registrado pelas câmeras de segurança contém imagens fortes, mas pode ser conferido no site do jornal ‘Metrópoles’, clicando aqui.

Influencer do TikTok é morta acidentalmente por disparo ao encenar sequestro

Comente com o Facebook
nicette bruno

Após perder a mãe, filha de Nicette Bruno também está em estado grave com Covid-19

invade creche

Jovem invade creche e mata 2 crianças e 2 professoras em Santa Catarina