, , ,


Mãe é detida após acorrentar em casa filha de 17 anos viciada em crack

Mulher, de 43 anos, prendeu filha após se desesperar com ameaças de traficantes

Desesperada com as ameaças recebidas de traficantes, uma mulher de 43 anos decidiu manter a filha de 17 anos, dependente química, acorrentada a um guarda-roupas, em Sorocaba, interior de São Paulo. A mãe foi detida e a garota, libertada, na noite de terça-feira (13), por integrantes da Guarda Civil Municipal (GCM) e do Conselho Tutelar.

De acordo com o comandante da GCM, Antonio Marco Mariano de Carvalho, a adolescente era usuária de cocaína e crack desde os 12 anos. Conforme o relato da mãe, ela devia dinheiro para vários traficantes e estava sendo ameaçada de morte. “Ela alegou que decidiu acorrentá-la por razões de segurança e por total desespero, por não ver outra saída”, disse o agente.

A equipe da GCM e do Conselho Tutelar se dirigiu à residência, uma casa simples no bairro Nova Esperança, zona norte da cidade, após receber denúncia anônima. Dominada por traficantes, a região é uma das mais violentas do município.

A adolescente foi encontrada no quarto, com a corrente atada aos pés, o cadeado trancado e presa ao pé do móvel. Para libertar a adolescente, a GCM teve de quebrar o cadeado, pois a chave não foi encontrada. A jovem foi levada à Unidade de Pronto Atendimento da zona norte, onde recebeu atendimento médico, e encaminhada para um abrigo da prefeitura.

“A mãe ficou surpresa com a nossa chegada, mas permitiu a entrada e em nenhum momento escondeu a situação. Ela se disse aliviada por estarmos encaminhando a filha para atendimento médico e social. É como se tivéssemos tirado um peso dos ombros dela”, disse Carvalho.

MAIS
Silvio Santos volta a sofrer com câncer, revela jornalista

A mãe, que é auxiliar de cozinha e cria a filha sozinha, contou que tomara a medida havia cerca de 40 dias, porque a jovem saía de casa apenas para se drogar. Disse que precisava trabalhar e ela ficava sozinha.

Maus-tratos

A adolescente estava magra e desnutrida. Segundo a mãe, não aceitava comida e dizia que só se alimentaria após usar droga. A mulher foi levada para o plantão da Polícia Civil e indiciada em inquérito por maus-tratos. Como não há previsão de prisão em flagrante para o crime, ela vai responder em liberdade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ex-viciada posta fotos impressionantes de si mesma de antes e depois das drogas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading…

Comente com o Facebook

comentários

homem cai speedfly

Impressionante: homem cai de speedfly a 696 m de altura; veja vídeo

tapete corpus christi fb

Policial passa carro sobre tapete de Corpus Christi e causa revolta em Rondônia